Brasil dá show no UFC-84

O Brasil deu show no UFC-84, realizado na madrugada de ontem, em Las Vegas, Estados Unidos. A show começou com o debutante no Ultimate, Rousimar Toquinho, que precisou pouco mais de 2 minutos para finalizar Ivan Salaverry com um arm-lock, No evento principal, no duelo de brazucas, Thiago Silva, após passar por um sufoco no inicio, conseguiu colocar Antonio Mendes “Samuray” pra baixo e vencer por nocaute técnico. Já Lyoto Machida provou que é um grande candidato ao titulo de meio-pesados do UFC, o paraense deu show sobre Tito Ortiz e venceu na decisão unânime. Tomando iniciativa desde o inicio e com bom jogo de esquiva, Lyoto foi soberano durante toda luta, apesar de escapar de uma tentativa de finalização do Bad Boy nos últimos segundos da luta.

O show brasileiro terminou com o nocaute mais rápido da noite.Wanderlei Silva lembrou as vitorias incríveis do Pride e no melhor estilo “Cachorro Louco”, nocauteou Keith Jardine, em apenas 26 segundos de luta. Após o triunfo, Wand demonstrava muita emoção e dizia aos microfones do entrevistador Joe Rogan: “O velho Silva esta de volta”.

Apenas Wilson Gouveia deixou a vitória escapar. Após conseguir um belo knockdown, no inicio do segundo round, acabou superado pelo croata Goran Reljic por nocaute técnico.

No combate principal da noite, válido titulo dos leves do UFC, BJ Penn, usou sua maior envergadura, para castigar Sean Sherk nos 2 primeiros rounds e com uma bela joelhada nos instantes finais do terceiro, nocauteou Sherk, mantendo o cinturão lightweight do evento. Confira os resultados:

– Thiago Silva nocauteou Antônio Samuray no R1;
– Lyoto Machida derrotou Tito Ortiz na decisão unânime dos juízes;
– Goran Reljic derrotou Wilson Gouveia por nocaute técnico;
– Wanderlei Silva nocauteou Keith Jardine a 36s do R1;
– B.J. Penn nocauteou Sean Sherk a 5min do R2.

Lutas preliminares:
Shane Carwin derrotou Christian Wellisch por nocaute técnico aos 44s do R1;
– Dong-Hyun Kim derrotou Jason Tan por nocaute técnico aos 25s do R3;
– Yoshiyuki Yoshida finalizou Jon Koppenhaver com um estrangulamento aos 56s do R1;
– Rich Clementi derrotou Terry Etim na decisão unânime dos juizes;
– Rameau Thierry Sokoudjou derrotou Kazuhiro Nakamura por nocaute técnico aos 5min do R1;
– Rousimar Palhares finalizou Ivan Salaverry com um arm-lock aos 2min36s do R1.

Deixe seu comentário