Dana White aconselha José Aldo a comprar um carro: “Podia ter quebrado uma perna”

A queda de moto de José Aldo tirou o campeão dos pesos penas do card do UFC Rio 3, e por pouco não colocou em risco o programa de lutas que marcaria do retorno da organização ao Brasil. Chateado com a situação, o presidente do evento, Dana White, não deixou de dar um puxão de orelha no brasileiro. Visivelmente frustrado com o cancelamento do duelo diante do ex-campeão dos pesos leves Frankie Edgar, o dirigente  aconselhou o brasileiro a comprar um carro.

“Não estou chateado com ele, mas cara… Entendo que, quando está lutando no WEC (evento que foi incorporado ao UFC), você ganha  US$4 mil em uma luta e US$ 4 mil em outra. É difícil comprar um carro, pagar um aluguel e tudo mais. Mas ele fez mais algum dinheiro. Se você ganhou dinheiro, compre um carro. Compre um carro bom”, disse White, em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie.

White ainda revelou que aconselha seus lutadores a não andarem de moto e até cogita a possibilidade de proibir que os lutadores do Ultimate tenham o veículo.

“Não é uma boa ideia dirigir motos. Mas eles vão me escutar e não fazer isso? Talvez José Aldo agora vá, já que foi afetado por isso. E podia ter sido muito pior. Podia ter quebrado uma perna”, encerrou Dana.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário