Belfort ignora rótulo de azarão e diz: “Respeito Jones, mas não tenho medo dele”

Belfort não teme rótulo de azarão e confia na vitória diante de Jones. Foto: Divulgação

Vitor Belfort terá no próximo sábado (22) um dos maiores desafios de sua carreira. O brasileiro, que deixou a divisão de médios para encarar fera Jon Jones pelo cinturão dos meio-pesados, não se intimida com o favoritismo do rival.  Para Belfort, a luta principal do UFC 152 é de 50% para cada lado.

“Vai ser 50 a 50. Eu respeito o Jon Jones, sou fã dele, mas não tenho medo. Será uma grande luta”, analisou Belfort, em um vídeo promocional que mostrou seu treinamento.

Vitor, que tem 35 anos e começou no UFC aos 19, afirmou que a luta diante de Jones, o mais jovem campeão da organização, será um duelo de gerações.

“O negócio é o seguinte. Eu sou dos velhos tempo, do tempo do Carlson Gracie. Eu conheço esse novo tipo de lutador, que precisa estudar o oponente. Os verdadeiros fãs entendem minha mentalidade. O que vale é o esporte. No final é só uma escolha. Quando a oportunidade bateu em minha porta, eu agarrei. É assim que sou. Vou enfrentar o melhor de todos os tempos na categoria. Jon Jones, a nova geração de lutadores. Ele tem de tudo, é a nova geração. Eu sou a velha guarda. Temos um leão velho junto com os novos. Ainda vivo na selva, então vou lutar pelo reinado dela”.

Confira abaixo o vídeo do treinamento de Vitor Belfort para encarar Jon Jones:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário