Jon Jones fatura maior salário do UFC 152

Jones (dir.) fatura maior salário do UFC 152. Foto: AP

A quarta defesa do cinturão dos meio-pesados rendeu ao campeão Jon Jones a liderança nos valores recebidos como bolsa no UFC 152, evento realizado no último sábado (22), em Toronto, no Canadá. O norte-americano, que derrotou o brasileiro Vitor Belfort na luta principal da noite, abocanhou a quantia de US$ 400 mil.

LEIAWerdum quer dar “boas-vindas” a Jones entre os pesados

Os números divulgados pela Comissão Atlética do Estado de Ontário, entidade que sancionou o evento, não incluem deduções de seguros, licenças ou outra taxa qualquer. Também não inclui ganhos relativos a patrocínios nem bônus como Nocaute ou Finalização da Noite. Eventuais participações na receita de pay-per-view ou “bonificações de vestiário” também não são contemplados.

Confira abaixo a lista dos salários do UFC 152:

Jon Jones: US$400 mil (US$400 mil pela luta + US$65 mil pelo prêmio de finalização da noite)
Vitor Belfort: US$275 mil.

Demetrious Johnson: US$40 mil (US$20 mil pela luta + US$20 mil de bônus pela vitória)
Joseph Benavidez: US$21.500.

Michael Bisping: US$425 mil (US$275 mil pela luta + US$150 mil de bônus pela vitória).
Brian Stann: US$23 mil.

Matt Hamill: US$64 mil (US$32 mil pela luta + US$32 mil de bônus pela vitória)
Roger Hollett: US$6 mil.

Cub Swanson: US$ 30 mil (US$15 mil pela luta + US$15 mil de bônus pela vitória).
Charles do Bronx: US$ 30 mil.

Vinny Malgalhães: US$ 16 mil (US$8 mil pela luta + US$8 mil de bônus pela vitória)
Igor Pokrajac: US$17. 000.

TJ Grant: US$ 30 mil (US$15 mil pela luta + US$15 mil de bônus pela vitória)
Evan Dunham: US$ 13 mil.

Sean Pierson: US$ 20 mil (US$10 mil pela luta + US$10 mil de bônus pela vitoria)
Lance Benoist: US$ 8 mil.

Marcus Brimage: US$ 16 mil (US$8 mil pela luta + US$8 mil de bônus pela vitória)
Jimy Hettes: US$ 8 mil.

Seth Baczynski: US$ 20 mil (US$10 mil pela luta + US$10 mil de bônus pela vitória)
Simeon Thoresen: US$ 6 mil.

Mitch Gagnon: US$ 12 mil (US$6 mil pela luta + US$6 mil de bônus pela vitória)
Walel Watson: US$ 6 mil

Kyle Noke: US$ 16 mil (US$8 mil pela luta + US$8 mil de bônus pela vitória)
Charlie Brenneman: US$ 18 mil.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário