Bonnar sobre duelo contra Anderson Silva: “Eu estava implorando por esse tipo de luta”

Bonnar (foto) esperava por grande luta para retorno ao UFC. Foto: Josh Hedges

O norte-americano Stephan Bonnar terá um difícil missão no próximo sábado (13). Ele encara  Anderson Silva na luta principal do UFC Rio 3 e tentará quebrar a longa invencibilidade do brasileiro dentro da organização.

Sem temer o adversário, Bonnar, que chegou ao Brasil na última terça-feira (09), diz que sempre esperou por este tipo de combate em sua carreira e, em caso de triunfo, sua carreira irá mudar de maneira drástica.

“Esta é a luta que busquei por toda a minha carreira no UFC”, disse. “Se eu ganhar essa luta, minha carreira inteira mudará. Se eu derrotar o Anderson Silva e chocar o mundo, as coisas mudam”, completou Bonnar.

Sem lutar desde novembro de 2011, quando derrotou Kyle Kingsbury no UFC 139, Stephan, que vem de três vitórias consecutivas, não esperava ser chamado para fazer uma luta principal de um evento, especialmente diante de Anderson Silva, um dos maiores lutadores da atualidade.

“Eu estava implorando por esse tipo de luta, mas nada estava acontecendo e eu só recebia ofertas para enfrentar atletas em ascensão. Eu queria enfrentar nomes grandes, não caras que poderiam se tornar grandes em alguns anos. Mas, se alguém me oferece uma luta contra um cara como o Anderson, com esse tipo de popularidade e respeito, é claro que eu vou aceitar”, afirmou Bonnar, que para aceitar o duelo pode perder o nascimento de seu filho nos Estados Unidos.

“Minha preocupação é perder o nascimento do meu primeiro filho, estou rezando para que minha mulher não entre em trabalho de parto até minha volta, mas estou fazendo isso pela minha família e eu vou infernizá-lo”, acrescentou o lutador.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário