Bisping sobre Belfort e atletas do jiu-jitsu: “Parecem faixas-brancas quando levam cotoveladas”

Bisping (dir.) provoca Belfort e estilo dos atletas de jiu-jitsu

O polêmico Chael Sonnen fez escola. O norte-americano, que ganhou a chance de disputar o cinturão do UFC em três oportunidades com várias provocações a seus rivais, tem um novo seguidor: Michael Bisping. O peso médio britânico, que está escalado para enfrentar o brasileiro Vitor Belfort no UFC São Paulo, dia 17 de janeiro, segue a mesma linha de Sonnen e inicia os ataques contra seu rival.

Em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, Bisping elogiou a qualidade técnica de Vitor, porém, não perdeu a oportunidade de alfinetar o brasileiro. O inglês disse que um faixa-preta de jiu-jitsu se torna um mero faixa-branca quando é atacado com socos ou cotoveladas.

“O Vitor Belfort tem um ótimo jogo de finalização, mas acredito que posso contrariá-lo. Não estou com medo do jiu-jitsu dele. É engraçado como os praticantes dessa arte marcial, especialmente os faixas-pretas, parecem faixas-brancas quando os lutadores de verdade começam a bater na cara deles e a acertar cotoveladas. Ele (Belfort) vai ter que se preparar muito. Vou lutar demais no dia 19”, afirmou Bisping.

O combate entre Vitor Belfort e Michael Bisping será a luta principal do UFC on FX 7, também chamado de UFC São Paulo, agendado para acontecer dia 17 de janeiro, no Ginásio do Ibirapuera e será o evento responsável por abrir a temporada 2013 do Ultimate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário