Companhia erra, Cigano perde voo e adaptação para UFC 155 sofre atraso

O brasileiro Júnior Cigano está escalado para defender o cinturão dos pesos pesados, no próximo sábado (29), contra Cain Velasquez. Mas o atleta catarinense sofreu um grande susto antes mesmo do início da disputa. O campeão, que deveria embarcar para os Estados Unidos na noite desta segunda-feira (24), acabou perdendo o voo devido uma série de atrasos da companhia área.

A previsão era de que Cigano chegasse aos Estados Unidos nesta terça-feira (25), mas a conexão entre Salvador e São Paulo forçou o adiamento da saída para Las Vegas.

“Estou revoltado. Isso é um absurdo. Por um capricho da companhia a semana começa pessimamente para mim. Seria simples deixar para lá se não tivesse uma luta tão importante sábado. A TAM mentiu que o aeroporto estava fechado para os clientes e, por uma razão que ainda desconheço, complicou a minha vida. A TAM arruinou minha viagem. Levei seis horas de voo de Salvador para São Paulo e perdi meu voo para Vegas. Falta de respeito total”, postou o catarinense em sua conta no Twitter.

Apesar do transtorno, Cigano tem previsão de pisar em solo americano na manhã do dia 26, pouco mais de três dias antes da disputa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário