Anthony Pettis: “José Aldo é uma luta mais dura do que Ben Henderson”

Em entrevista ao programa

Anthony Pettis UFC on FOX 445x302 Anthony Pettis: José Aldo é uma luta mais dura do que Ben Henderson

A. Pettis crava Aldo como um adversário mais duro que o campeão dos pesos leves. Foto: Josh Hedges/UFC

A notícia de que o próximo desafiante de José Aldo pelo título dos penas será Anthony Pettis pegou muita gente de surpresa. Há poucos dias, logo após o UFC on FOX 6, no dia 26 de janeiro, Dana White já havia declarado que “Showtime”, como é conhecido, seria o próximo na linha do cinturão da categoria peso leve – pela qual  havia vencido Donald Cerrone no evento. Na noite desta terça-feira (5), em entrevista ao programa UFC Tonight, da rede de TV a cabo norte-americana Fuel TV, Pettis deu mais detalhes sobre a mudança de divisão.

“É algo que venho pensando há um bom tempo. A razão de eu não ter feito isso antes é Erik Koch, um companheiro de equipe que estava muito próximo de uma disputa de título e eu não queria cruzar com ele”, justificou o lutador. Porém, na mesma noite em que Pettis venceu Cerrone, Koch perdeu para Ricardo Lamas e abriu caminho para que a ideia de “Showtime” pudesse ganhar corpo e se tornar realidade.

A busca por um desafio maior parece também ter sido uma motivação para a mudança de categoria, conforme disse o próprio Pettis quando perguntado sobre o assunto. “Para mim, Aldo é uma luta mais dura”, disparou. As palavras tiveram endereço direto: Ben Henderson, atual campeão dos leves do Ultimate. Na última edição do WEC, Anthony Pettis venceu Bendo e conquistou o cinturão dos leves da extinta organização. A luta é famosa no MMA pelo chute alto certeiro aplicado no adversário por “Showtime” após caminhar na tela do octógono.

A luta entre Anthony Pettis e José Aldo deve acontecer em um evento no dia 6 de agosto, ainda sem lugar definido. Pelo menos quatro cidades estão na disputa para sediar o evento, entre elas o Rio de Janeiro. Além da cidade brasileira, Chicago, Las Vegas e alguma localidade no estado norte-americano do Texas também estão no páreo para receber a edição do UFC.

Notícias relacionadas