Pezão prova a inocência no doping

O peso pesado Antônio “Pezão” Silva pode respirar aliviado. Após a acusação de dopping, pelo uso de boldenona, na conquista do cinturão do EliteXC, no último dia 26 de julho, o brasileiro conseguiu provar sua inocência para Comissão Atlética nesta quinta-feira. Pezão realizou um novo exame 10 dias após o primeiro teste, no mesmo laboratório e o resultado divulgado foi negativo.

“O segundo teste voltou negativo, feito dez dias após ter dado o positivo. Se ele tivesse tomado alguma coisa, era impossível ter dado negativo, a boldenona fica no organismo mais de 12 meses”, contou Alex Davis, empresário do lutador em entrevista a revista Tatame.

Deixe seu comentário