Circuito Rio Mineirinho define campeões

A quarta etapa do Circuito Rio Mineirinho, que foi realizada ontem no ginásio do Club Municipal, na Tijuca, decidiu os campeões do ranking 2008 da FJJE-Rio. Além disso, foi conhecido o lutador que receberá a passagem para os Estados Unidos, prêmio ao atleta da faixa marrom ou preta que mais pontuasse no ranking. Disputado ferrenhamente entre o marrom Thiago Oliveira (GFT) e o preta Rafael Barbosa “Formiga” (Soul Fighters), o prêmio ficou nas mãos de Thiago.

No leve faixa preta, “Formiga” acabou derrotado na semifinal, num combate muito duro contra Vinicius Marinho (GFT), perdido por vantagens. Com esta eliminação restava a Thiago vencer sua categoria, e foi o que aconteceu. O lutador fechou o pesado marrom com o companheiro Rodolfo Vieira e passou o oponente na pontuação geral. No absoluto marrom, Thiago também fechou com o companheiro Rodolfo. Tal feito rendeu ao lutador, além da passagem para os EUA, uma nova graduação na cintura, a faixa preta.

Algoz de “Formiga”, Vinicius Marinho foi bem no evento. Além de fechar o peso leve com o companheiro de equipe Denílson Pimenta, foi até a final do absoluto, tendo ficado em segundo lugar nesta categoria também.

Mas o principal destaque individual na faixa preta foi Leandro Ataídes (Nova União), ouro no absoluto e no superpesado. Na categoria de peso, Ataídes finalizou o primeiro combate com um estrangulamento da lateral. Na final, bateu Mauro Paolino (Soul Fighters) com uma queda, numa luta bem disputada. No absoluto, o representante da Nova União enfrentou primeiro Denílson Pimenta, que havia feito um combate anteriormente e acabou derrotado por Ataídes com uma queda. Na final, contra Vinicius Marinho, mais uma luta bem disputada, decidida a favor de Ataídes pelo juiz depois do empate nas vantagens.

No peso pluma faixa preta, o melhor Foi André Dreyfuss (GFT / Vinicius Amaral), que derrotou Lendro Manhães (GFT) nas vantagens. No pena, Richard Flood (GFT) finalizou Bruno Barbosa (Fight Club) com um estrangulamento das costas e garantiu, além do ouro, a vitória no ranking. Flavio Serafin (Serafin JJ foi) foi o melhor no médio preta. Depois de finalizar o primeiro oponente com uma mão de vaca, bateu Marcio Romão (Soul Fighters) na final com duas quedas contra uma punição (4 a 2). No pesadíssimo, o ouro foi para Ricardo Evangelista (GFT). O lutador fez duas lutas e, na final, derrotou Daniel Almeida “Jacaré” nas vantagens.

No geral a academia campeã da etapa foi a Nova União, seguida pela Sardella e a GFT em terceiro.

Deixe seu comentário