Padrasto de Justin Eilers é preso

O padrasto de Justin Eilers, James Robert Malec, 48 anos, foi preso nesta segunda-feira, acusado da morte do seu enteado, assassinado na casa de sua mãe, na noite de natal com um tiro no peito. Malec era ex-xerife da polícia nos anos 90.

Segundo relatos e depoimentos da polícia da cidade, o lutador teve uma discussão com sua ex-namorada, com quem tem um filho, e Malec interveio , causando uma discussão, que originou o disparo. Segundo informações do xerife Dana Maxfield, que cuida do caso, o tiro causou uma perfuração no pulmão do atleta que veio a falecer as 11:15, horário local.

Deixe seu comentário