Matt Brown faz valer apelido de ‘Imortal’, se recupera e atropela Erick Silva

Lutador brasileiro esteve perto de encerrar a luta no primeiro round, mas acabou sofrendo um duro castigo do rival até ser nocauteado

Matt Brown 445x250 Matt Brown faz valer apelido de Imortal, se recupera e atropela Erick SilvaPoucas vezes na história do UFC um lutador fez valer tanto seu apelido como Matt Brown. O “Imortal”, como é conhecido, sofreu um duro castigo do brasileiro Erick Silva no primeiro round e esteve perto de perder a luta em algumas oportunidades, mas conseguiu sobreviver de maneira sensacional, voltou para o combate e aplicou um duro castigo no atleta capixaba até vencer por nocaute técnico no terceiro round. O combate foi a atração principal do UFC Fight Night 40, evento realizado na noite deste sábado (10), em Cincinnati, nos Estados Unidos.

A luta

Um dos melhores combates de 2014 começou quente desde os primeiros segundos. Erick logo soltou um chute na linha de cintura de Brown, que sentiu. O capixaba aproveitou o momento, acertou a costela do rival mais uma vez e foi para cima do norte-americano na luta de solo. A partir daí, o brasileiro soltou vários socos em Matt, chegou as costas e esteve perto de finalizar a disputa com um mata-leão. Mas de maneira muito valente Brown conseguiu se defender.

Depois de escapar do estrangulamento em duas oportunidades, o “Imortal” fez jus ao apelido, conseguiu se levantar e voltar para o combate de maneira sensacional. Na trocação, Brown encurtou a distância e soltou um arsenal de golpes contra Erick. O norte-americano aplicou socos, chutes, cotoveladas e joelhadas na trocação diante de Silva, que se segurava em pé com o duro castigo.

No segundo round, Brown manteve o ritmo avassalador do final da parcial anterior. Ele não quis perder tempo com estudos e logo encurtou a distância para voltar a castigar o brasileiro. Erick ainda voltou a chutar as costelas do norte-americano, que novamente sentiu o golpe, mas não tirou sua impetuosidade.

Já cansado, Erick Silva lutava para se manter no combate, enquanto Matt Brown continuava combinando ataques potentes contra o capixaba. Depois de ser derrubado, o brasileiro sofreu um corte na testa após diversas cotoveladas. Já sem conseguir se manter na peleja, ele virou-se de lado no chão e o árbitro Herb Dean encerrou o combate, decretando o nocaute técnico.

Além de Erick Silva, o programa de lutas do UFC Fight Night 40 contou com mais três brasileiros no card preliminar. Johnny Eduardo surpreendeu o favorito Eddie Wineland com um nocaute no primeiro round, mas Rafael Sapo e Yan Cabral foram superados na decisão dos juízes por Ed Herman e Zak Cummings, respectivamente (leia a matéria completa aqui).

Confira abaixo os resultados do UFC Fight Night 40:

Card Principal

Matt Brown derrotou Erick Silva por nocaute técnico no R3;

Costas Philippou derrotou Lorenz Larkin por nocaute no R1;

Daron Cruickshank derrotou Erik Koch por nocaute técnico no R1;

Neil Magny derrotou Tim Means na decisão unânime dos juízes;

Soa Palelei derrotou Ruan Potts por nocaute técnico no R1;

Chris Cariaso derrotou Louis Smolka na decisão dividida dos juízes;

Card Preliminar

Ed Herman derrotou Rafael Sapo na decisão unânime dos juízes;

Kyoji Horiguchi derrotou Darrell Montague por decisão unânime dos juízes;

Zak Cummings derrotou Yan Cabral na decisão unânime dos juízes;

Johnny Eduardo derrotou Eddie Wineland por nocaute técnico no R1;

Nik Lentz derrotou Manny Gamburyan na decisão unânime dos juízes;

Justin Salas derrotou Ben Wall por nocaute técnico no R1;

Albert Tumenov derrotou Anthony Lapsley por nocaute no R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário