Takanori Gomi: “Estou desapontado com o que aconteceu”

O cancelamento da terceira edição do Affliction ainda repercute entre os atletas escalados para o show. O astro japonês Takanori Gomi publicou em seu espaço no Yaplog toda sua insatisfação com o evento e afirma que não pretende ficar muito tempo sem lutar.

“A notícia de que Affliction não irá mais acontecer me deixou bastante perplexo. A verdade é que me preparei durante dois meses e meio somente para subir ao ringue e dar o meu melhor para o público americano. Estou frustrado e desapontado com o que aconteceu”, disse Gomi.

“O que mais me preocupa nesse momento é que eu não posso ficar sem lutar, principalmente por longos períodos. Estou bem condicionado e com a mente boa, mas tenho minha autocrítica e sei que não sou mais um garoto de 20 anos. Perto de completar meus 31 anos, o relógio agora corre contra mim. Cada mês sem lutar é uma eternidade”, afirmou o japonês.

“Quando objetivei lutar na América, não imaginava que as coisas começariam desse jeito. Bem, o que posso fazer é pedir desculpas aos meus fãs pela expectativa criada em cima do meu combate no dia 1º de agosto. O que vou fazer agora? Não tenho a menor idéia. A única coisa que sei é que existem muitos lutadores sedentos por me enfrentar. Só falta que essas realizações se concretizem. Quando? Não sei. Mas espero que seja o mais rápido possível”, completou o ex-campeão do Pride.

Deixe seu comentário