Sábado de lutas na FJJD-Rio

Os faixas-pretas estiveram em ação neste sábado, quando aconteceu a terceira etapa do Ranking FJJD-Rio 2009. Com a presença de muitos atletas estrangeiros e de personalidades como o secretário de Esportes Chiquinho da Mangueira, que vem apoiando a inclusão do jiu-jitsu nos Jogos Intercolegiais, feras de grandes equipes como GFTeam, Nova União, Soul Fighters, Checkmat e Alliance, entre muitas outras, mostraram o valor.

Faixa Preta
Depois de ser derrotado na categoria de peso (pesado) por Ricardo Evangelista (GFTeam), Leandro Ataídes (Nova União) deu o troco no absoluto por uma vantagem de diferença. Depois, Ataides passou por mais dois atletas da GFTeam para garantir o título. Contra Fagner Cardoso passou a guarda e finalizou com um estrangulamento da imobilização e na final, contra Wallace Castro “Lili”, aplicou uma queda. Já na categoria de peso Ataídes acabou superado por Evangelista, que bateu o representante da Nova União por uma vantagem e sagrou-se campeão.

No peso pluma o melhor foi Douglas Rufino (Checkmat). Na primeira luta, contra Samir Chantre (Carlson Gracie), venceu nos pontos. Na final Rufino encarou o campeão da última etapa, Lucio Flavio (Orlando Araujo), e usou a meia-guarda para raspar e garantir o ouro por 2 a 0.

No peso pena, Thiago Clemente (Alliance) primeiro bateu Wallace Castro por pontos, com uma passagem de guarda e raspagem. Do outro lado da chave, Richard Flood (GFTeam) superou Helio Junior (HBT) com um estrangulamento das costas. Na disputa pelo ouro, o melhor foi Clemente, que passou a guarda e finalizou com um estrangulamento.

No leve e médio o domínio foi da GFTeam. Na primeira categoria, bastou a Denílson Pimenta finalizar o primeiro oponente com um estrangulamento das costas para fechar com os companheiros Vitor Henrique e Fagner Cardoso. No médio Vinicius Marinho primeiro bateu o estrangeiro Rodney Roellis (Nova União) por larga vantagem de pontos e seguiu para fechar o peso com os companheiros de time João Alfredo, Marcio Abreu “Tubarão” e Álvaro Barroso.

Lutador que vem se destacando nas competições, Renan Vital (Gordo JJ) foi bem mais uma vez na FJJD-Rio. Numa chave de três, teve que enfrentar duas vezes Fabrício Araujo (Mestre Wilson). Nas duas oportunidades o faixa-preta finalizou com estrangulamentos. Na final, o golpe foi encaixado da montada.

Na decisão do superesado, a vitória foi para Renato Fraga (GFTeam). Numa dura disputa em pé contra Bruno Marcelo (Nova Geração), o triunfo veio com dois pontos por punição, além de algumas vantagens.

Master e Senior preta
E a galera mais veterana também fez bonito. O grande nome no máster foi Wallace Pavão (GFTeam), que faturou o ouro no peso leve e no absoluto. Ainda no máster, Gustavo Granha (Carlson Gracie) venceu no meio pesado tendo batido Marcio Silva (Checkmat). E o mestre da GFTeam Julio Cesar também vestiu o kimono, tendo derrotado duas vezes Jose Pantoja para garantir o lugar no alto do pódio.

Faixas Coloridas
Na marrom os maiores destaques foram da academia Soul Fighters. Osvaldo Augusto “Queixinho” finalizou todos os oponentes com estrangulamentos para faturar pela terceira vez no ano o ouro no Circuito. O companheiro de equipe Diogo Sampaio “Moreno” também venceu no pesado. No absoluto, ambos fizeram dois combates e fecharam a categoria. Ainda na faixa-marrom, o campeão do Rio Open Luiz Serão (RJJC-CH) derrotou dois adversários e garantiu mais um ouro.

Na faixa-roxa pesado, a dupla da Nova União Eduardo Rodrigues e Kaue Damasceno fecharam mais uma vez a categoria. Gabriel Siqueira (DDR) foi o campeão no médio, com três triunfos, e no leve o campeão veio da Califórnia, com Nathan Mendelsohn (Checkmat), que bateu quatro oponentes para garantir o ouro.

Na faixa-azul Julio Cesar (TFT) venceu mais uma vez, após derrotar na final o duro Allan di Lucia (Soul Fighters). Julio finalizou um total de quatro combates. José Carlos “Polenguinho” (Nova União) faturou mais um título entre os penas, tendo finalizado três dos quatro adversários. Na faixa-azul juvenil, Ruan Rodrigues manteve a grande fase e bateu dois oponentes para garantir mais um ouro à Nova União. Também pela NU, Isaque Bahiense venceu mais uma vez na faixa-amarela e recebeu a nova graduação (laranja) das mãos do mestre Fabio Andrade, no pódio.

Deixe seu comentário