Robinho comenta trabalho pelo jiu-jitsu na Suíça

Robinho

Aluno do professor Jair Lourenço, mestre da Kimura Nova União, Robson Pinheiro Dantas é um dos braços fortes do jiu-jitsu na Suíça. Mais conhecido como Robinho, além de ensinar a arte suave por lá, o lutador agora terá um importante papel nas competições do país. Depois de fundar a Federação Helvética de Jiu-Jitsu Esportivo (FHJJE), trabalha forte para a realização do primeiro Campeonato Europeu da CBJJE, que acontece nos dias 19 e 20 de setembro. Robinho comenta sobre o evento e o jiu-jitsu no país:

O que espera da realização deste primeiro Campeonato Europeu?

Para o nosso primeiro Europeu tínhamos uma meta em relação à quantidade de atletas inscritos e que, graças a Deus, superou as nossas expectativas. Com isso daremos outra possibilidades aos atletas de jiu-jitsu, com mais competições, e conseqüentemente desenvolveremos mais o nosso esporte na Suiça e na Europa. Queremos que esse campeonato faça parte do calendário anual dos atletas.


Já existe uma perspectiva de nações e equipes que devem participar?

Já temos inscrições de muitos países. Até agora atletas de 15 nações já se inscreveram no evento, Estados Unidos, Turquia, Brasil, países do Leste Europeu e de vários outros cantos da Europa. Além disso, grandes equipes já confirmaram presença e vêm em peso, como a Nova União, Gracie Barra, Alliance e BTT Europa, entre outras.

Como está a arte suave na Suíça em termos de competições, equipes e atletas?

O Jiu-jitsu na Suíça aos poucos ocupa o seu espaço, graças ao bom trabalho dos professores que estão aqui, com organização e seriedade. Mas ainda temos um longo caminho a percorrer e espero que com esta nova federação isso se desenvolva muito mais, com mais eventos e boa organização, o que é o mais importante.

Comente sobre o seu trabalho aí com o jiu-jitsu?

Cheguei aqui em 2008 trazido pelo amigo Gilson Farias. Com uma proposta de fazer crescer o jiu-jitsu e a nossa academia, a Kimura Nova União, lutei dois Europeus em Lisboa (2008 e 2009) e ganhei os dois. Em menos de dois anos, criamos a nossa federação, estamos organizando o Europeu da CBJJE e a Kimura faz um bom trabalho, mostrando sua força na Suíça.

Deixe seu comentário