Prata em Sydney, Honorato está fora das Olimpíadas de 2008

Dono de uma medalha de prata olímpica, conquistada em Sydney-2000, Carlos Honorato está fora dos Jogos de Pequim, em 2008. Por causa de uma virose, contraída na noite de sexta-feira, o judoca desistiu de competir na seletiva nacional, que acontece neste sábado, em Uberlândia (MG).

Honorato disputava as vagas de titular e reserva da seleção com Eduardo Santos e Hugo Pessanha. Dessa forma, os concorrentes do veterano, de 33 anos de idade, vão disputar a vaga de titular da categoria médio (até 90 kg) durante torneios internacionais em 2008 -a vitória na seletiva foi de Santos.

Honorato, que também ganhou medalha de bronze no Mundial de Osaka, em 2003, não vinha em boa fase desde as Olimpíadas de Atenas, em que teve desempenho decepcionante e perdeu duas lutas para adversários inexpressivos.

Neste ano, Honorato era reserva da seleção, mas, por causa de uma lesão no joelho de Hugo Pessanha, ganhou o direito de disputar o Mundial, no Rio de Janeiro. Entretanto, o judoca paulista não foi bem e perdeu em sua primeira luta, dando adeus às chances de medalha.

Antes do Mundial, ele havia sido afastado pela comissão técnica brasileira dos Jogos Pan-Americanos para recuperar a boa forma física. Então, foi substituído por Tiago Camilo, que subiu de categoria e conquistou o ouro. Flávio Canto herdou a vaga de Camilo entre os meio-médios (até 81 kg), mas se lesionou no meio da competição.

A seletiva deste sábado definiu mais cinco nomes nomes para a disputa o processo olímpico. São eles Denílson Lourenço (até 60 kg), Victor Penalber (até 73 kg), Flávio Canto (até 81 kg), Leonardo Leite (até 100 kg) e Walter Santos (acima de 100 kg).

Na categoria até 66 kg, Leandro Cunha foi o vencedor, mas ficará como reserva da seleção, pois João Derly, campeão mundial e dos Jogos Pan-Americanos, já havia se garantido nos Jogos de 2008.

No feminino, se classficaram para a disputa por vaga na Olimpíada Sarah Menezes (até 48 kg), Ketleyn Quadros (até 57 kg), Vânia Ishii (até 63 kg), Maria Portela (até 70 kg), Claudirene Cesar (até 78 kg) e Aline Puglia (acima de 78 kg). Andressa Fernandes foi a vencedora da categoria até 52 kg, mas será reserva, pois Érika Miranda já tinha garantida a vaga em Pequim por ter sido vice no Pan e quinto colocada no Mundial.

Deixe seu comentário