M-1 Global não cuida mais da carreira de Mousasi

A empresa russa M-1 Global não é mais responsável pelo gerenciamento da carreira do armênio Gegard Mousasi. O lutador informou em entrevista ao portal americano Sherdog, a quebra de vinculo com a organização, que também cuida dos interesses de Fedor Emelianenko.

 

“Após uma analise criteriosa, decidi que é do meu interesse me separar da M-1. Durante o tempo que fiquei sob as asas deles, o M-1 me permitiu conquistar grandes coisas. Agradeço a tudo o que fizeram por mim”, informou o lutador.

 

Com a saída de Mousasi do M-1, voltam as especulações sobre a contratação do atual campeão até 93 quilos do Strikeforce pelo UFC.

Deixe seu comentário