Aoki: “UFC não será bem sucedido no Japão

Shinya Aoki

O japonês Shinya Aoki aproveitou a entrevista coletiva do Strikeforce, realizada nesta quinta-feira, e alfinetou a direção do UFC, que pretende realizar um evento em terras nipônicas ainda este ano. Para o lutador, o show promovido pela ZUFFA, que comprou o Pride em 2007, não terá sucesso em seu país.

 

“Acho que o UFC não será bem sucedido no Japão”, afirmou Aoki. “É um mercado muito especial”, completou, fazendo referencia a não continuidade do Pride, como foi acordado no ato da venda.

 

Aoki, que fará sua estréia em território americano contra Gilbert Melendez no Strikeforce, dia 17 de abril, aproveitou para salientar que não tem objetivo de seguir carreira nos Estados Unidos e se sente bem lutando pelo Dream.

 

“Não é uma meta (lutar na América), porque eu não acho que os Estados Unidos seja o numero um (para se lutar no mundo)”, disse. “Eu me sinto bem no Dream, então ele é o numero um”, completou o lutador

Deixe seu comentário