Brasileira com resultado polêmico no Perú

Realizado neste sábado, em Lima, no Perú, a oitava edição do INKA FC contou com participações de três atletas brasileiros e lutas polêmicas.

 

O primeiro atleta tupiniquim a subir no ringue foi Rodrigo Amatha, que em uma luta de Muai Thay, enfrentou o peruano Luis Vargas e venceu por nocaute técnico ainda no primeiro round. Com o triunfo, Rodrigo foi convidado pela organização do show a lutar pelo cinturão do evento diante do também peruano Miguel Sarria, em maio. O segundo brazuca a se apresentar foi Paulo Petty, que em uma luta de MMA foi superado por Jerry “Dragon Ball” Tolentino na decisão dividida dos juízes.

 

Já a brasileira Tainara Lisboa fez a super luta da noite contra a russa Valentina Schevchenko e na decisão dos juízes acabou derrotada, porém, após a contestação da equipe brazuca e analise de algumas infrações cometidas pela adversária, o duelo acabou definido como sem resultado.

 

“Infelizmente não pude mostrar todo meu potencial ao povo peruano que nos recepcionou tão bem e queria ver um grande show, a Valetina amarrou a luta toda, me deu vários golpes ilegais, cabeçadas e ainda me deu uma cotovelada no olho quando estávamos caídas no chão que até agora esta me dando problemas. Mas o que interessa é que a organização mostrou muita dignidade e resolveu tudo”, disse a lutadora que aproveita a fama em território peruano.

 

“Estamos muito felizes da performance da nossa equipe, somos parados a todo momento nas ruas para dar autógrafos e tirar fotos, é impressionante o carinho e a cordialidade do povo peruano, esperamos voltar aqui por várias vezes ainda”, conclui Tainara.

Deixe seu comentário