Babalu e Cyborg fazem festa brazuca no Strikeforce

Festa tupiniquim antes da final da Copa do mundo! As feras brasileiras, Evangelista Cyborg e Renato “Babalu” Sobral fizeram bonito e garantiram as vitórias brazucas no Strikeforce Los Angeles, evento realizado na noite desta quarta-feira nos Estados Unidos.

 

Diante do campeão dos meio-médios do Dream, Marius Zaromskis, Cyborg mostrou toda sua agressividade, aliada a uma paciência pouco vista no chuteboxer. Sem se afobar, o brasileiro atacou no momento certo, trabalhando bem os chutes e os golpes de boxe. Após dois bons contra-ataques, o brazuca acertou o lituano que foi ao chão, a partir daí terminou o serviço num rápido ground and pound, em apenas 2m38s de luta.

 

Se o combate de Cyborg foi rápido, o de Renato “Babalu” seguiu outro caminho. Diante do duro Robbie Lawler, o faixa-preta tupiniquim iniciou a luta tentando levar o duelo para o chão e sair da perigosa trocação do americano. Com várias tentativas de quedas, Babalu teve sucesso em apenas duas oportunidades, mas Robbie se levantava rápido sem deixar o carioca trabalhar seu ground and pound. Se no primeiro assalto o brazuca evitou o jogo aberto, no segundo a história foi diferente, Babalu acertou os melhores golpes, trabalhando bem os chutes altos e os golpes de mão. Com vantagem no placar, Sobral administrou bem o terceiro round, voltando a insistir nas quedas, sempre bem defendidas por Lawler. No final, vitória brasileira na decisão unânime dos juízes, com todos marcando 29×28 para Babalu. Confira os demais resultados:

 

Card Principal

Renato “Babalu” Sobral derrotou Robbie Lawler na decisão unânime dos juízes;

Evangelista “Cyborg” Santos derrotou Marius Zaromskis por nocaute técnico no R1;

Tim Kennedy derrotou Trevor Prangley por finalização com mata-leão no R1;

KJ Noons derrotou Conor Heun  na decisão dividida dos juízes;

 

Card Preliminar

Jeremy Umphries derrotou R.J. Clifford por finalização com mata-leão no R2;

Hugo Sandoval derrotou Marcus Kowal  por nocaute técnico no R2.

Deixe seu comentário