André Dida deixa a Chute Boxe

Em entrevista concedida ao site Tatame, o finalista do GP dos leves do K-1 Heros, André Dida não é mais atleta da Chute Boxe.
O atleta recebeu uma proposta para morar em Toronto, no Canadá e teve que se desligar da equipe curitibana. “Meu irmão (Marlon) já está lá e eu sempre fui muito colado com ele. Recebemos uma proposta de um empresário canadense para darmos aulas e vamos montar a nossa própria academia em Toronto. Vou passar o Natal com a minha família e embarco logo em seguida para o Canadá”, revelou Dida, que já avisou a equipe Chute Boxe sobre a sua saída.

“Falei com o mestre Rafael (Cordeiro) e ele ficou bastante chateado. Nunca tinha visto ele assim e nessa hora vi o quanto ele gosta de mim. Fiquei bem triste em ter que sair da equipe, mas vou sempre chamá-los de mestre, porque devo muito a eles”, disse Dida. Quanto ao seu contrato com o K-1 Hero’s, Dida garantiu que continua com eles. “O contrato é com o atleta e eu tenho mais dois anos assinado com o Hero’s”. Fã de Wanderlei Silva, Dida garante que vai visitar o amigo nos Estados Unidos.

“O Wanderlei é uma fonte de inspiração pra mim. Sou um grande fã dele e agora estando mais perto vou querer visitá-lo. Estou na torcida por ele na luta contra o Chuck Liddell. Foi uma luta bem casada, vai ser de muita trocação e acho que não passa dos três minutos de luta com um nocaute do Wanderlei sobre o Liddell”, finalizou Dida.

Deixe seu comentário