Faber finaliza japonês no WEC-52

O norte-americano Urijah Faber estreou com o pé direito na divisão de galos do WEC. O ex-campeão da categoria de penas enfrentou o japonês Takeya Mizugaki no WEC-52, evento terminado há pouco, em Las Vegas, e precisou de pouco mais de quatro minutos para finalizar seu oponente com um belo mata-leão. O show ainda contou com dois brasileiros em ação. Raphael Assunção derrotou L.C. Davis, na decisão unânime dos juízes, no card preliminar, enquanto, entre as lutas principais, Wagnney Fabiano foi finalizado pelo duro Joseph Benavidez.

Faber finaliza no primeiro assalto

Na luta principal da noite, Urijah Faber mostrou porque foi durante muito tempo o garoto propaganda do WEC. Diante de Takeya Mizugaki, o “Califórnia Kid, como é conhecido, não deu chances para o atleta japonês. Logo no inicio da luta, Faber controlou bem a distância na luta em pé e atingia os melhores golpes. Com o duelo equilibrado na média distância, o norte-americano procurou encurtar e trabalhar no clinch e com jogo de quedas. Após tentar encaixar uma guilhotina, bem defendida por Mizugaki, Urijah foi para as costas do lutador nipônico e encaixou um justo mata-leão. Como é de costume em lutadores asiáticos, Takeya não bateu e acabou apagando, sendo decretada a vitória por finalização de Faber.


Chad Mendes vence mais uma e mantém invencibilidade

No combate menos movimentado da noite, Chad Mendez fez valer seu favoritismo diante do cubano Javier Vazquez. Durante os três rounds do combate, o norte-americano usou sua potente trocação e um bom jogo de quedas para controlar o duelo. Já Javier, que no inicio da peleja tentou trabalhar uma guarda ofensiva, não conseguiu manter o ritmo por muito tempo e foi totalmente dominado no último assalto. No final, vitória de Chad Mendez na decisão unânime dos juízes. Com o resultado, o atleta norte-americano emplacou sua nova vitória em nove lutas no MMA

Erik Koch nocauteia rápido

Erik Koch estava escalado para enfrentar Josh Grispi no evento, mas seu adversário foi retirado do card para disputar o cinturão da categoria contra o brasileiro José Aldo. Com isso, Francisco Rivera foi convocado para o evento e não se deu bem. Koch logo no inicio do combate imprimiu seu ritmo com muita movimentação e agressividade. Após conectar bons golpes na trocação, Erik conectou um lindo chute alto que levou Rivera a knockdown e encerrou a peleja com uma sequência de socos no chão.


Benavidez luta melhor e finaliza Wagnney

Diante do duro Joseph Benavidez, Wagnney Fabiano travou um primeiro assalto equilibrado contra norte-americano. O inicio da luta foi marcado pela trocação, com o brasileiro tentando trabalhar com os chutes baixos e Benavidez buscando os golpes de boxe, onde o atleta local levou uma ligeira vantagem. Se no primeiro round o duelo se manteve em pé, no segundo a luta foi decidida no chão. Joseph logo atacou as pernas do brasileiro, que se defendeu bem e caiu por cima, mas o norte-americano encaixou uma justa guilhotina, onde Wagnney teve dificuldades para se defender. Após sair do justo estrangulamento, Fabiano esteve por cima com a guarda passada, mas não conseguiu se aproveitar e foi raspado, ao tentar reverter a posição, o atleta da Nova União acabou cedendo o pescoço e foi finalizado com a guilhotina.


Johnson finaliza Damacio Page

Na primeira luta do card principal, Damacio Page colocou seu wrestling em prática e derrubou Demetrious Johnson por diversas, somando pontos e trabalhando com golpes por cima. Já no segundo round, a história mudou, pois foi a vez de Jonhson trabalhar com o jogo de quedas e com socos no ground and pound, equilibrando o duelo. No último e decisivo assalto, Demetrious se aproveitou do cansaço demonstrado por seu oponente, para continuar imprimindo pressão diante de Damacio. Após mais uma queda, Jonhson encaixou uma justa guilhotina por cima e forçou os três tapinhas.


Raphael vence nas preliminares

Primeiro brasileiro a subir no octógono, Raphael Assunção conseguiu se recuperar de uma sequência de duas derrotas consecutivas e derrotou LC Davis. Logo no primeiro round, o atleta tupiniquim quase finalizou o duelo com uma guilhotina, seguida de um arm-lock, mas ambos os golpes foram bem defendidas pelo norte-americano. Nos assaltos seguintes, Raphael manteve o ritmo e venceu o duelo na decisão unânime dos juízes.

Card Principal
Urijah Faber vs. Takeya Mizugaki
Chad Mendes vs. Javier Vazquez
Erik Koch derrotou Francisco Rivera por nocaute no R1;
Joseph Benavidez finalizou Wagnney Fabiano com uma guilhotina no R2
Demetrious Johnson finalizou Damacio Page com uma guilhotina no R3;

Card Preliminar
Raphael Assunção
derrotou L.C. Davis na decisão unânime dos juízes;
Anthony Njokuani derrotou Edward Faaloloto por nocaute técnico no R2;
Dustin Poirier derrotou Zack Micklewright por nocaute técnico no R1;
Michael McDonald finalizou Clint Godfrey com um arm-lock no R1;
Cub Swanson derrotou Mackens Semerzier na decisão dividida dos juizes;
Yves Jabouin derrotou Brandon Visher na decisão unânime dos juízes

Deixe seu comentário