UFC-123: Com polêmica, Rampage vence Lyoto

Rampage vence Lyoto em luta polêmica. Fotos: Esther Lin

Com ótimos combates, muita emoção e polêmica na luta principal, o UFC retornou a Detroit em grande estilo. A edição de numero 123 da promoção, que aconteceu neste sábado (20), nos Estados Unidos, levantou novamente um questionamento sobre a arbitragem. Lyoto Machida dominou a maior parte do combate diante de Quinton “Rampage” Jackson, tanto que o norte-americano reconheceu a derrota após o confronto levantando o braço do brasileiro, mas os juízes laterais viram de outra forma e marcaram a vitória para o atleta local. Se Lyoto acabou superado na luta principal, os demais atletas tupiniquins no evento deixaram o octógono com vitória. Edson Barboza nocauteou Mike Lullo e Maiquel Falcão passou por Gerald Harris na decisão dos juízes.

 

Com polêmica, Rampage vence Lyoto 

A luta principal da noite foi marcada por bastante polêmica nas declarações de Rampage que antecederam o confronto, mas combate não decepcionou as expectativas. Lyoto iniciou a luta trabalhando com chutes baixos, enquanto, Jackson dominava o centro do octógono, mas sem conectar bons golpes. Após conseguir encurtar a distância o lutador norte-americano encaixou alguns socos no clinch, mas Machida se esquivava bem. No segundo assalto, Rampage voltou melhor e foi mais agressivo, chegando a derrubar Lyoto e a marcar o rosto do brasileiro com um upper. Já o terceiro round foi o mais empolgante. Disposto a encerrar a peleja, Machida encaixou uma linda sequência de socos e joelhadas em Rampage, que se defendeu e ao tentar o contra-ataque foi derrubado. No chão, o brasileiro chegou à montada e quase finalizou num arm-lock. Após os 15 minutos regulamentares, Quinton ergueu os braços de Lyoto, reconhecendo a derrota, mas os juízes laterais viram de outra forma e marcaram a vitória do atleta norte-americano. (29×28, 28×29, 29×28)

 

BJ nocauteia Hughes em 26 segundos

Disposto a se recuperar das duas derrotas para Frankie Edgar, BJ Penn começou com tudo pra cima de Matt Hughes. Logo no inicio do combate, Hughes tentou atacar com um jab, mas BJ se defendeu bem e foi rápido ao gatilho para o contra-ataque. Com um forte direto de encontro aplicado pelo havaiano, Matt foi a knockdown. Penn não perdeu tempo e encerrou a peleja no ground and pound em apenas 26 segundos.

 

Maiquel Falcão debuta com vitória no UFC

Em sua estreia no UFC, Maiquel Falcão começou a luta contra Gerald Harris de maneira cautelosa, enquanto o norte-americano trabalhava na longa distancia e jogava golpes no vazio. Depois de alguns minutos de estudo, o brasileiro partiu para o ataque e puniu Harris com uma ótima sequência de socos. O adversário foi ao chão e o castigo continuou no ground and pound. Há poucos segundos do fim do assalto, Harris tentou uma queda, mas acabou cedendo as costas para o brasileiro, que encaixou um justíssimo mata-leão e o norte-americano foi salvo pelo gongo. No segundo round, Maiquel começou de maneira acelerada e com bons golpes levou o oponente ao chão de onde trabalhou por cima e tentou a finalização, mas novamente Gerald se defendeu bem. Com vantagem nas papeletas dos juízes, Falcão voltou para o último assalto disposto a não se arriscar e administrar a luta, conduzindo a peleja sem sofrer riscos. No final, vitória de Maiquel Falcão na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×28).

 

Phil Davis finaliza Tim Boetsch e segue invicto

Phil Davis comprovou na noite de hoje sua ascensão no MMA. Diante de Tim Boetsch, o irreverente lutador levou a luta para o chão e trabalhou bem na transição no solo. Depois terminar o primeiro round com vantagem, Davis encerrou a peleja de maneira sensacional. Após chegar a montada, Phil tentou o ataque numa chave americana, que foi bem defendida por Boetsch, mas sem desistir de encerrar o duelo, o “Senhor Maravilha”, como é conhecido, encaixou uma chave de braço nas costas do oponente e finalizou a luta. Com o triunfo, Davis segue invicto na carreira com oito vitórias.

 

Sotiropoulos finaliza Lauzon em ótima luta
Na primeira luta do card principal, Joe Lauzon e George Sotiropoulos fizeram um duelo bastante movimentado. Após um round inicial com muita troca de posições no chão, o australiano de ascendência grega voltou para o segundo assalto para definir a luta.  Sotiropoulos trabalhou bem as joelhadas e após levar o confronto para o chão, atacou com uma bela kimura e encerrou o a peleja.

 

Edson Barboza Júnior estreia com vitória

Primeiro brasileiro a subir no octógono, Edson Barboza Júnior estreou com o pé direito no UFC. Diante de Mike Lullo, o atleta tupiniquim começou bem a luta trabalhando boas combinações de golpes de boxe e chutes baixos. No último round, com a perna do norte-americano bastante machucada, Barboza partiu para encerrar o duelo com fortes chutes, sem condições de luta, Lullo foi ao chão e árbitro decretou nocaute técnico.

 

Card Principal
Quinton “Rampage” Jackson derrotou. Lyoto Machida  na decisão dividida dos juízes;
B.J. Penn derrotou Matt Hughes por nocaute no R1;
Maiquel Falcão derrotou Gerald Harris na decisão unânime dos juízes;
Phil Davis finalizou Tim Boetsch com uma chave de braço no R2;
George Sotiropoulos finalizou Joe Lauzon com uma kimura no R2;

 

Card Preliminar
Brian Foster finalizou Matt Brown com uma guilhotina no R1;
Mark Munoz derrotou Aaron Simpson na decisão unânime dos juízes;
Dennis Hallman derrotou Karo Parisyan por nocaute técnico no R1;
Edson Barboza derrotou Mike Lullo por nocaute técnico no R3;
Paul Kelly derrotou T.J. O’Brien por nocaute técnico no R2;
Nik Lentz derrotou Tyson Griffin na decisão dividida dos juízes

 

 


VEJA TAMBÉM

BJ Penn fatura bônus por melhor nocaute do UFC-123

Deixe seu comentário