Jonathan Brookins é o vencedor do The Ultimate Fighter 12

Jonathan Brookins fatura a décima segunda temporada do TUF

O norte-americano Jonathan Brookins é o grande vencedor da décima segunda temporada do The Ultimate Fighter, o reality show do UFC. O lutador, que integrou o time comandado por Georges St. Pierre no programa, derrotou Michael Johnson na decisão dos juízes e faturou um contrato de seis dígitos com o UFC. O programa de lutas ainda contou com dois brasileiros em ação: Atuando no card preliminar, Frédson Paixão estreou no UFC com derrota ao ser nocauteado por Pablo Garza no primeiro round. Já entre as lutas principais, Demian Maia dominou o havaiano Kendall Grove e venceu na decisão unânime dos juízes.

 

Brookins vira pra cima de Johnson e fatura o reality show

Se faltaram emoções no card principal do TUF-12, Jonathan Brookins e Michael Johnson garantiram adrenalina na última luta da noite. No combate que definiu o vencedor da décima segunda temporada do reality show, Brookins começou o duelo levando desvantagem na trocação, chegando a cair em knockdown. Mas no segundo assalto, Jonathan mudou a estratégia e usou seu apurado wrestling para derrubar Johnson e somar pontos com socos por cima. Com cada lutador vencendo um round, o almejado contrato de seis dígitos com o UFC seria definido no último assalto, e Brookins novamente derrubou Michael e trabalhou no ground and pound, mesmo com o Johnson tendo conseguido inverter a posição algumas vezes, Jonathan controlou bem as ações e venceu na decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×27)

 

Bonnar derrota Pokrajac na decisão
Na penúltima luta do evento, o finalista da primeira edição do The Ultimate Fighter, Stephan Bonnar, conquistou mais uma vitória na organização. Diante de Igor Pokrajac, o norte-americano começou a luta tentando encerrar a disputa logo no inicio, mas com uma boa trocação, o croata mostrou potencia nos socos e forçou a Bonnar a trabalhar no clinch e no jogo de chão. Nos dois assaltos seguintes, Stephan controlou bem o combate, seguindo a estratégia do primeiro round, e venceu na decisão unânime dos juízes.

 

Demian Maia domina Kendall Grove e vence na decisão
Demian Maia voltou ao octógono do UFC na noite de hoje disposto a recomeçar a escalada para disputar o cinturão dos pesos médios do Ultimate. Diante do havaiano Kendall Grove, o brasileiro iniciou a luta ensaiando uma trocação, mas logo levou a peleja para o solo e começou a trabalhar com socos por cima e evoluindo nas posições. O brasileiro chegou a montar por duas oportunidades, mas Grove se defendeu bem e conseguiu se recuperar. No segundo assalto o filme se repetiu e o atleta tupiniquim novamente controlou a luta no chão. Já no terceiro e último round, Kendall voltou mais atento nas defesas de queda e conseguiu manter o combate em pé de onde conectou os melhores golpes, mas já era tarde. No final, vitória de Demian Maia na decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28).

Rick Story vence Johny Hendricks

Depois de um combate franco entre Leonard Garcia e Nam Phan, os norte-americanos Rick Story e Johny Hendricks fizeram um duelo estudado, disputado, mas sem grandes emoções. O primeiro round transcorreu bastante equilibrado, com os dois atletas trabalhando na luta clinchada. Já no segundo assalto, Story conectou os melhores golpes e levou leve vantagem. Já no último e decisivo round foi a vez de Hendricks conseguir impor seu jogo e conquistar algumas quedas. No final, vitória de americanos Rick Story na decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28). Com o resultado Johny Hendricks tem sua invencibilidade de nove lutas quebrada.

Em luta polêmica, Leonard Garcia vence Nam Phan

Leonard Garcia e Nam Phan iniciaram o combate com tudo. Enquanto Garcia conectava mais golpes, Phan acertava socos mais contundentes. No segundo round porém, o atleta de ascendência vietnamita foi melhor e castigou Leonard com socos em pé e boa luta de chão. No último assalto, o duelo voltar a ficar equilibrado, com leve superioridade de Nam. Porém, quando o anuncio oficial foi feito, Leonard Garcia venceu na decisão dividida dos juízes (29×28, 27×30, 29×28). O público vaiou a decisão dos juízes e Leonard imediatamente ofereceu a revanche para Phan

Frédson é nocauteado
Primeiro brasileiro a subir no octógono, Frédson Paixão teve uma estreia ruim no UFC. O peso pena que passou a integrar o Ultimate após a fusão do evento com o WEC mediu forças contra o duro Pablo Garza. Logo no inicio da luta, o faixa-preta tupiniquim iniciou a peleja tentando levar a luta para o chão, mas foi surpreendido com uma joelhada voadora e acabou nocauteado em apenas 51 segundos de luta. Frédson permaneceu descordado com alguns instantes, mas logo recuperou os sentidos.

Card Principal
Jonathan Brookins derrotou Michael Johnson na decisão unânime dos juízes – Final da temporada do TUF-12
Stephan Bonnar derrotou Igor Pokrajac na decisão unânime dos juízes;
Demian Maia derrotou Kendall Grove na decisão unânime dos juízes;
Rick Story derrotou Johny Hendricks na decisão unânime dos juízes;
Leonard Garcia derrotou Nam Phan na decisão dividida dos juízes;


Card Preliminar

Ian Loveland derrotou Tyler Toner na decisão unânime dos juízes;
Cody McKenzie finalizou Aaron Wilkinson com uma guilhotina no R1;
Dave Branch derrotou Rich Attonito na decisão unânime dos juízes;
Pablo Garza derrotou Fredson Paixão por nocaute no R1;
Nick Pace finalizou Will Campuzano com um estrangulamento no R3;
Kyle Watson derrotou Sako Chivitchian na decisão unânime dos juízes;

Deixe seu comentário