Chinzo Machida é derrotado no WFE Platinum

Com casa cheia no Hotel Fiesta, em Salvador, terminou há pouco o WFE Platinum, evento que marcou com o retorno ao MMA de Chinzo Machida. A organização sagrou Jorjão Rodrigues como campeão na categoria até 70 quilos, e Bruno Carioca manteve a sua invencibilidade e o seu título na categoria até 84 quilos. O show contou com a presença do ex campeão dos meios pesados do UFC, Lyoto Machida, e do também lutador do UFC, Carlos Eduardo “Tá Danado”, além da cobertura ao vivo do canal Combate.  

 

Bruno Carioca vence Daniel Acácio e permanece campeão
No evento principal da noite, Bruno Carioca e Daniel Acácio deram um show e não decepcionaram.  No primeiro round, o atleta da Zé Mario Team, Bruno Carioca, fez Acácio ir ao chão após boa seqüência de socos. Já no segundo round, quem sofreu foi Bruno Carioca que esteve perto de ser nocauteado após sofrer o knockdown e ser castigado no chão. A partir daí, Bruno Carioca não esteve mais em perigo. Apesar da trocação franca, Carioca levava leve vantagem e conseguia sempre boas quedas, trabalhando por cima no solo. Após os cinco rounds Carioca vence na decisão unânime e continua campeão do WFE.

 

Chinzo Machida é derrotado por Leonardo Laiola no seu retorno ao MMA
Com seu irmão Lyoto Machida no corner, Chinzo começou melhor o primeiro assalto, dominando o centro do octógono ,acertando os melhores golpes e aplicando quedas no baiano. Mas no fim do round, Chinzo caiu por baixo e foi duramente castigado por Laiola no ground and pound, sendo salvo pelo gongo. No segundo round o equilíbrio prevaleceu na trocação, com ambos os lados acertando fortes golpes. O terceiro round teve muito clinch, mas Machida acertou os melhores golpes. No fim, os três juízes marcaram 29-28 para Leonardo Laiola, que venceu na decisão unânime.

 

Desistência de Erick Parrudo sagra o potiguar Jorjão Rodrigues como o campeão dos leves do WFE
Vestido de Superman, Parrudo fez uma entrada memorável no Hotel Fiesta, com duas garotas vestidas de mulher maravilha. Mas a força do superman parece ter ficado fora do octógono. Dentro dele Parrudo foi bem apenas no primeiro round, quando acertou melhores golpes e procurou a luta de solo, mas sem sucesso. No segundo round, Jorjão dominou o centro e foi mais contundente, aplicando fortes golpes em Erick Parrudo. No intervalo do 2° para o 3° round,  Parrudo não retornou  para o combate devido a uma costela trincada.  Vitória de Jorjão Rodrigues por nocaute técnico.

 

Ednaldo Lula supera Jerônimo Mondragon no primeiro round
Mondragon, visivelmente mais forte fisicamente, começou o combate a todo vapor. Aplicou a queda, trabalhou a partir da meia guarda, mas sem muita efetividade. Com o combate de volta em pé, Mondragon aplicou outra queda e por pouco não foi finalizado com uma chave de braço. Mondragon continuou por cima e deu uma cabeçada em Ednaldo Lula, perdendo um ponto, assinalado pelo árbitro Carlão Barreto. No fim do round Mondragon começou a mostrar cansaço, foi derrubado por Ednaldo Lula, que montou e o castigou duramente. Após o tocar do gongo, parecia que Mondragon tinha sido salvo por ele. Mero engano. Jerônimo , ainda assim, não retornou para o segundo round e Ednaldo Lula foi declarado vencedor. Ao fim da luta, Ednaldo Lula pediu um combate contra Edson Conterrâneo.

 

Confira os resultados completos:

Perceu Friza venceu Guilherme Medeiros por nocaute técnico ao fim do R2

Ednaldo Lula venceu Jerônimo Mondragon por nocaute técnico ao fim do R1

Márcio Gracinha finalizou Paulo Roberto com uma guilhotina a 2:19 do R1

Rony Jason finalizou Jurandir Sardinha com um triângulo a 1:15 do R1

Jorjão Rodrigues venceu Erick Parrudo por nocaute técnico ao fim do R2

Leonardo Laiola venceu Chinzo Machida na decisão unânime dos juízes

Bruno Carioca venceu Daniel Acácio na decisão unânime dos juízes

Deixe seu comentário