Jungle Fight encerra 2010 com chave de ouro

O Jungle Fight realizou na noite deste sábado (18) sua edição de número 24 e encerrou a temporada 2010 do evento. O show, que aconteceu no Ginásio do Flamengo, Rio de Janeiro, foi bastante movimentando e com boas lutas, tanto que dos sete combates, apenas um foi para decisão. Destaque para as belas vitórias Francisco Massaranduba e Renato Moicano. Os atletas da Constrictor Team não tomaram conhecimento de seus adversários e finalizaram Bruno Crocop e Eduardo Kiko, respectivamente. Já Ildemar Marajó, irmão de Yuri Marajo, mostrou bastante raça e vontade para deixar o ringue com o triunfo. O paraense, que enfrentava o peruano Jackson Moura, levou um golpe baixo, fraturou o nariz e ainda teve forças para se recuperar e sair com a vitória, após uma pressão nos instantes finais do primeiro assalto, que fizeram seu oponente desistir da luta.

Já na atração principal da noite, um dos combates mais aguardados pelos fãs durante todo o ano. O baiano Edilberto Crocotá e o potiguar Sergio Jr fizeram uma luta eletrizante. Crocotá começou melhor, trabalhando bem o boxe no primeiro assalto, medindo melhor à distância e conectando bons socos. Já no segundo round, Sérgio Junior se recuperou e equilibrou a disputa. Com ótimas combinações de chutes altos, baixos e golpes de boxe, o atleta da RFT, que contava com o apoio da torcida, abaixou a guarda e provocou o oponente. Já no último e decisivo round, o duelo foi equilibrado com os dois atletas acertando bons golpes. Ao soar do gongo, Crocotá e Sergio Júnior ergueram os braços em comemoração. No final, muita demora na soma das papeletas, foi decretado o empate (29×28, 28×29, 29×29), resultado que frustrou ambos os lutadores. Confira os demais resultados do Jungle:

Edilberto Crocotá (Champion Team) e Sergio Junior (RFT) empataram;

Renato Moicano (Constrictor Team) finalizou Eduardo Kiko (Gracie Fusion) com um mata-leão no R2;

Gilberto Giba Galvão (RFT) finalizou Dimitrius Burgos (PRVT) com uma kimura no R1;

Ildemar Marajó (Striker Team) derrotou Jackson Moura (Perú) por desistência no R1;

Nelson Martins (De La Riva) derrotou Bruno Capelosa (Ryan Gracie) por desclassificação no R2 (golpe na nuca);

Francisco Massaranduba (Constrictor Team) finalizou Bruno Crocop Lobato (PRVT) no R1;

Wendell Negão (Gracie Fusion) venceu Tadeu Formiga Mendonça (Ryan Gracie) por nocaute técnico no R1;

Deixe seu comentário