Promotor de evento altera resultado da luta de Hermes França

Hermes França - Foto: Sherdog

A Costa Rica é um país que começa a investir no MMA. Porém, o amadorismo em seus eventos ainda é notório. No último domingo (19) foi realizado, na cidade de Cartago, o Xtreme Vale Todo V, que contou ao todo com dez combates em seu card. O brasileiro Hermes França entrou em ação na luta principal da noite para disputar o cinturão dos pesos leves da organização contra o francês Ferrid Kheder.

 

Após três assaltos de domínio do brasileiro, a luta foi para a decisão dos juízes. Surpreendentemente Kheder foi declarado vencedor do combate e detentor do cinturão da categoria. Mas o promotor do Xtreme Vale Todo, Jean-François Billon, não concordou com a decisão e alterou posteriormente o resultado da luta para No Contest.

 

Billon manifestou seu interesse em realizar um novo confronto entre os lutadores. Segundo o promotor, tanto França quanto Kheder são excelentes lutadores e merecem uma nova oportunidade de se enfrentarem. 

 

“Eu realmente gostei da apresentação de ambos atletas. Acredito que houve um equívoco por parte dos juízes no momento de declarar o vencedor. Proponho uma revanche para mostrar que não temos preferência por nenhum lutador”, dise Billon.

 

Já França não pensa em lutar novamente na Costa Rica. Conforme o atleta tupiniquim, o Xtreme Vale Todo precisa tomar providências devido a intervenção de pessoas não ligadas ao esporte nos resultados dos combates.

 

“Não tenho nada contra o país, mas não lutarei mais nesta organização. Talvez eu lute novamente com (Ferrid) Kheder, porém em outro evento que leve a sério os profissionais envolvidos”, frisou o brasileiro.

Deixe seu comentário