Leben: “Perder para Anderson me fez evoluir”

Chris Leben enfrenta Brian Stann no UFC-125, evento que acontece no próximo dia 2 de janeiro, em Las Vegas, e busca de se posicionar como um dos possíveis desafiantes ao cinturão dos pesos médios. O norte-americano, que vem de uma sequência de três vitórias consecutivas, reconheceu a o nocaute sofrido para Anderson Silva, em 2006, foi fundamental para mudança de jogo e evolução dentro do octógono.

“Eu comecei a mudar meu estilo após a derrota para Anderson Silva. Naquela luta ficou obvio que eu não atacar com todas as armas e esperar vencer os lutadores de elite”, afirmou o participante da primeira edição do The Ultimate Fighter.

“Precisei rever minha estratégia e adaptar melhor meu jogo. Meu treinador Burt Richardson me ajudou muito. Eu perdi algumas lutas depois dele, mas estou tendo resultado agora. Me sinto um lutador mais técnico e inteligente que antes”, concluiu Leben.

Deixe seu comentário