Lutador do UFC doa salário para vítimas de enchentes

James Te Huna

O neozelandês, radicado na Austrália, James Te Huna conheceu no UFC 127 sua primeira derrota na organização, quando foi finalizado pelo sueco Alexander Gustafsson. Apesar do revés, o lutador, de 29 anos, teve uma atitude de atleta campeão. Te Huna doou toda sua bolsa para as vítimas das enchentes na Austrália e Nova Zelândia, catástrofe acontecida devido as fortes chuvas que assombram o continente da Oceania nas últimas semanas.

 

O vice-presidente de desenvolvimento internacional do UFC, Marshal Zelasnik, confirmou o ato solidário de Te Huna e aprovou sua atitude, tanto que dobrou a doação do atleta. Em entrevista à revista inglesa Fighters Only Magazine, o dirigente confirmou que as doações devem chegar aos US$ 30 mil.

 

“Te Tuna doou sua bolsa para as vítimas e o UFC também está fazendo a sua parte para aliviar o sofrimento das pessoas na Nova Zelândia. Esperamos chegar a US$ 30 mil como parte dos donativos para as vítimas das enchentes na região do Queensland, na Austrália”, disse Zelasnik

Deixe seu comentário