Dan Henderson nocauteia Rafael Feijão no Strikeforce

Dan Henderson (esq.) nocauteou Rafael Feijão (dir.)

O sábado de carnaval teve um gosto amargo para Rafael Feijão. O atleta brasileiro foi nocauteado por Dan Henderson e perdeu o cinturão dos meio-pesados do Strikeforce. O combate foi a atração principal do evento realizado, na madrugada de sábado para domingo, na cidade de Columbus, nos Estados Unidos. Com o triunfo, Hendo, como é conhecido o norte-americano de 45 anos, soma mais um importante título para sua carreira, já havia conquistado os cinturões do Pride (em duas categorias), UFC e do Rings.

 

No inicio do combate, Henderson começou tomando a iniciativa e tentava encurralar Feijão na grade, mas com um lindo direto de direita, no contragolpe, o atleta brasileiro levou o norte-americano a knockdown. Com rápida absorção, Hendo conseguiu se recuperar e inverter a posição, ficando por cima na luta de solo. No segundo assalto, o norte-americano não quis se arriscar na luta em pé e trabalhou a maior parte do tempo no clinch e tentando levar a disputa para o chão, mesmo assim os melhores momentos foram de Rafael, que chegou a raspar Dan no solo. No terceiro round, porém, Henderson acertou um potentíssimo cruzado de direita que derrubou Feijão. Sem perder tempo, Dan aplicou mais dois socos no chão e nocauteou o brasileiro. Agora, Dan Henderson soma 27 vitórias e apenas oito derrotas na carreira, enquanto, Rafael tem sua terceira perda em 13 apresentações.

 

O outro brasileiro em ação no evento teve melhor sorte: Jorge Gurgel precisou de apenas 47 segundos para encaixar uma justa guilhotina e finalizar o norte-americano Billy Vaughan. Com a conquista, Gurgel espanta e má fase de duas derrotas consecutivas e reencontra o caminho dos triunfos.

Coenen defende cinturão feminino

Na outra disputa de titulo da noite, Marloes Coenen encontrou dificuldades, mas conseguiu defender o cinturão feminino da divisão de meio-médios. Diante da até então a invicta Liz Carmouche, a campeã sofreu com o arsenal de quedas e socos da guarda da desafiante. Porém, no quarto assalto, Marloes conseguiu encaixar um justo triângulo e encerrar o combate.

 

Confira abaixo o resultado completo do evento:

 

Card principal:

Dan Henderson derrotou Rafael “Feijão” Cavalcante por nocaute no R3;

Marloes Coenen finalizou Liz Carmouche com um triângulo no R4;

Tim Kennedy finalizou Melvin Manhoef com um mata-leão R1;;

Jorge Masvidal derrotou Billy Evangelista na decisão unânime dos juízes;

 

Card preliminar:

Roger Bowling derrotou Josh Thornburg na decisão unanime dos juízes;

Jorge Gurgel finalizou Billy Vaughan com uma guilhotina no R1;

Jason Freeman derrotou Jason Riley por nocaute técnico no R1;

Brian Rogers derrotou Ian Rammel por nocaute técnico no R1;

Mitch Whitesel finalizou Marc Cofer com uma guilhotina no R1;

John Kuhner finalizou J.P. Felty com um triângulo no R2.

Deixe seu comentário