Ronys Torres finaliza no Shooto Brasil 22

Com boas lutas e nomes conhecidos do cenário nacional, o Shooto Brasil 22 agitou a cidade de Brasília, na capital federal. Com 10 combates e três disputas de cinturões sul-americanos, o público presente no Ginásio Nilson Nelson pode acompanhar a festa da equipe Nova União. O time comandado por Dedé Pederneiras, organizador do Shooto, faturou os todos os títulos em disputa. Rony Marques ficou com o cinturão até 91 quilos, Carlos Índio faturou até 84 e Hacran Dias até 70 quilos faturaram as “coroas”em disputa.

 

Outro destaque da noite, o ex-lutador do UFC, Ronys Tores finalizou Guilherme Kioto no primeiro round e emplacou sua segunda vitória consecutiva. Com o triunfo, o faixa-preta tenta voltar ao cenário do internacional do MMA.

 

Confira abaixo os resultados completo do evento:

 

 

Disputas de cinturão:

Até 91kg: Ronny Marques derrotou Diogo Osama por nocaute técnico no R1;

Até: 83kg: Carlos Índio derrotou Junior Béba por nocaute técnico no R1;

Até 70kg: Hacran Dias derrotou Eliene Pit na decisão unânime dos juízes;

 

Lutas casadas:

Ronnys Torres finalizou Guilherme Kioto com uma guilhotina no R1;

– Marco Antônio Bad Face derrotou Hernani Perpétuo por nocaute técnico no R1:

– Johnny Eduardo finalizou José Wilson com um mata-leão no R3;

– John Lineker derrotou Saulo Martins por nocaute no R1;

– Bruno Macaco finalizou William Mendes com um mata-leão no R1;

– Anistávio “Gasparzinho” finalizou Lucio Curado com uma chave de calcanhar no R2;

– Leonardo Pinheiro derrotou Vinicius Boneco na decisão unânime dos juízes.

 

Deixe seu comentário