Chael Sonnen é novamente condenado e pode anunciar aposentadoria

Conhecido por suas declarações polêmicas e pela clássica luta contra Anderson Silva, o norte-americano Chael Sonnen tem sua carreira de atleta profissional ameaçada. O lutador, que foi flagrado no exame antidoping do UFC 117, pegou uma suspensão de seis meses e teve sua pena encerrada em março deste ano. Porém, nesta quarta-feira, a Comissão Atlética do Estado da Califórnia decidiu, por quatro votos a um, manter por tempo indeterminado a suspensão do lutador norte-americano. Com isso, Chael só poderá recorrer e pedir nova licença para lutar a partir de 29 de junho de 2012. A derrota no julgamento deve decretar o fim da carreira de Sonnen, que afirmou a intenção de se aposentar caso não fosse liberado para retornar aos combates ainda este ano.

 

Chael Sonnen foi ao julgamento, nesta quarta-feira, acompanhado de sua mãe, que testemunhou a seu favor, e alegou que estava cotado para ser treinador do próximo The Ultimate Fighter, o reality show do UFC, ao lado de Michael Bisping e que ambos fariam a luta para definir o próximo desafiante do título dos médios do UFC. Mas o diretor executivo da Comissão Atlética da Califórnia, Keith Kizer, afirmou que o norte-americano não foi sincero em seu depoimento e chegou a citar o processo respondido pelo atleta por lavagem de dinheiro como um adicional “a conduta não integra do atleta”.

 

Entenda o caso

– Agosto de 2010: No UFC 117, Chael Sonnen enfrentou Anderson Silva pelo cinturão dos pesos médios da organização. Em uma luta épica, o norte-americano dominou o brasileiro durante os quatro primeiros assaltos e levava ampla vantagem no quinto e último round. Mas faltando pouco mais de um minuto para o fim do duelo, Anderson encaixou um lindo triângulo e encerrou a luta de forma espetacular.

 

– Setembro de 2010: A Comissão Atlética do Estado da Califórnia divulgou o resultado do exame antidoping feito por Chael Sonnen no UFC 117. O lutador foi flagrado com alto nível de testosterona em sua urina. Com isso, o atleta foi suspenso preventivamente por 12 meses e recebeu uma multa de US$ 2,5 mil (cerca de R$ 4,5 mil).

 

– Janeiro de 2011: Sonnen é acusado pela Justiça dos Estados Unidos por lavagem de dinheiro. O lutador assume a culpa e tem seu contrato com o UFC congelado

 

– Janeiro de 2011: Chael Sonnen conseguiu reduzir junto a Comissão Atlética sua suspensão para seis meses de gancho.

 

– Março de 2011: A suspensão de seis meses chega ao fim e Sonnen fica livre para voltar aos combates

 

– Abril de 2011: Chael Sonnen é condenado pela Jusitça dos Estados Unidos por lavagem de dinheiro. O atleta foi multado em US$ 10 mil (cerca de R$ 15,6 mil) e dois de reclusão, mas que estão sendo cumpridos em liberdade

 

– Abril de 2011: Devido aos problemas judiciais e possíveis falsos durante o processo de recurso, que reduziram a pena, a Comissão Atlética pede novo julgamento para Chael Sonnen

 

– Maio de 2011: Sonnen é novamente julgado e tem uma nova suspensão por tempo indeterminado, sendo que o lutador só poderá tentar uma nova licença para voltar aos combates em junho do próximo ano.

Deixe seu comentário