MMA próximo da legalização em Nova Iorque

O MMA conseguiu mais uma importante vitória nos Estados Unidos. Depois de encontrar grandes barreiras políticas para legalização do esporte em Nova Iorque, o Senado do Estado, aprovou nesta terça-feira, por 42 votos a favor e apenas 18 contra, a liberação do MMA na região. Agora o projeto de lei será encaminhado para a Assembléia Legislativa, e caso vença a segunda votação, o MMA estará legalizado em Nova Iorque.

 

Realizar um evento em Nova Iorque, mais especificamente no Madson Square Garden, é um dos objetivos do UFC ainda em 2011. O presidente da organização, Dana White, tem incentivado os moradores a manter contato com seus membros da Assembléia para pedir agilidade na votação, que é prevista para acontecer no final do mês de junho. Já Lorenzo Fertizza, sócio majoritário do Ultimate, divulgou um comunicado oficial, agradecendo os senadores pela votação.

 

“É hora de trazer o esporte que mais cresce no mundo a Nova Iorque”, dizia a nota. “A cada mês que passa, o nosso esporte se torna mais popular em todo mundo, e lógico em Nova Iorque. Queremos agradecer ao Senado Estadual, e estamos confiantes de que quando os membros da Assembléia olharem para nossa popularidade, para os benefícios econômicos e de emprego para o Estado, eles terão a mesma ação”, dizia o comunicado.

 

Terceiro estado mais populoso dos Estados Unidos e maior centro financeiro do país, a liberação do MMA em Nova Iorque tem o apoio do governador David Paterson, do vice-presidente de Governo e assuntos Regulatórios Marc Ratner, mas encontra oposição do deputado democrata Bob Reilly, que é radicalmente contra o esporte. Atualmente, Nova Iorque tem dois representantes no UFC: Matt Serra, que ex-campeão dos pesos meio-médios e a jovem revelação do Ultimate, Jon Jones, dono do cinturão na divisão de meio-pesados.

 

Caso o MMA seja realmente legalizado em Nova Iorque, apenas os Estados de Connecticut e Vermont ainda não liberaram a prática do esporte

Deixe seu comentário