Eduardo Pamplona estreia com nocaute no Strikeforce

Eduardo Pamplona - Foto: Divulgação

Em uma noite de muito trabalho para os juízes, foi realizado ontem (24), nos Estados Unidos, o Strikeforce Challengers 16. Das oito lutas disputadas, apenas duas foram encerradas antes dos três rounds previstos. Em uma delas quem levou a melhor foi o brasileiro Eduardo Pamplona, que estreou com vitória no evento ao derrotar o norte-americano Jerrod Peoples no card preliminar do show.

 

O brasileiro começou o combate tomando a iniciativa das ações. Após uma tentativa frustrada de guilhotina, Pamplona se utilizou de seu eficiente ground and pound para vencer por nocaute técnico (socos) aos dois minutos e 40 segundos de combate.

 

Com a vitória, o atleta tupiniquim ampliou sua invencibilidade para dez combates na carreira. Pamplona não sabe o que é perder desde o ano de 2007 e passa a contar agora com um cartel de 15 vitórias e apenas duas derrotas.

 

Quem não teve motivo para comemorar na noite passada foi Ryan Couture, filho da lenda viva Randy Couture. O lutador conheceu sua primeira derrota na carreira ao ser superado por Matt Ricehouse por decisão unânime dos juízes. Já na luta principal do card, Caros Fodor se manteve invicto no MMA ao derrotar James Terry também por decisão unânime dos juízes. Confira os resultados completos do Strikeforce Challengers 16:

 

Caros Fodor derrotou James Terry por decisão unânime dos juízes;

Matt Ricehouse derrotou Ryan Couture por decisão unânime dos juízes;

Lorenz Larkin derrotou Gian Villante por decisão unânime dos juízes;

Jason High derrotou Quinn Mulhern por decisão unânime dos juízes;

Julia Budd derrotou Germaine de Randamie por decisão unânime dos juízes;

Derek Brunson derrotou Jeremy Hamilton por decisão unânime dos juízes;

Eduardo Pamplona derrotou Jerrod Peoples por nocaute técnico (socos) no R1;

Trevor Smith derrotou Keith Berry por finalização técnica (estrangulamento norte-sul) no R2.

Deixe seu comentário