Charles “do Bronx” finaliza em luta polêmica no UFC on Versus 4

Charles do Bronx - Foto: Josh Hedges

Único representante brasileiro no UFC on Versus 4, o peso leve Charles “do Bronx” fez bonito na noite deste domingo (26) no octógono montado na cidade de Pittsburgh, Estados Unidos. O casca-grossa se utilizou de seu afiado Jiu-Jítsu para finalizar o norte-americano Nik Lentz no segundo round da luta válida pelo card preliminar da noite.

 

Após ser superior nos cinco minutos iniciais de combate, Charles retornou à ação disposto a encerrar a disputa o mais rápido possível. Com a luta se desenvolvendo predominantemente no solo, Charles escapou de uma guilhotina aplicada por Lentz para, em seguida, aplicar uma joelhada enquanto seu oponente estava na posição de três apoios no octógono, golpe ilegal segundo as regras unificadas.

 

O árbitro deu prosseguimento ao combate, apesar da manifestação do público presente na CONSOL Energy Center que reagiu imediatamente depois da joelhada ilegal desferida pelo atleta tupiniquim. Aproveitando-se de um descuido de Lentz, Charles não perdeu tempo e aplicou um justo mata-leão que forçou o norte-americano a desistir do combate aos dois minutos e 48 segundos do segundo assalto.

 

“Peço desculpas ao Lentz, mas eu vim aqui para mostrar que estou de volta ao Ultimate. Era para ser uma grande vitória. O que aconteceu foi uma fatalidade, pois eu estava imprimindo um bom ritmo na luta”, disse o brasileiro após o combate.

 

Apesar de ter seu braço erguido pelo árbitro, Charles ainda terá que aguardar a decisão da Comissão Atlética da Pensilvânia, órgão responsável pelo sancionamento do evento, que irá analisar novamente o vídeo do confronto. Caso os comissários entendam que o golpe irregular foi decisivo para a vitória do brasileiro, o resultado da luta pode ser alterado para No Contest.

 

Já na atração principal desta edição do UFC on Versus, o francês Cheick Kongo e o norte-americano Pat Barry protagonizaram um duelo de trocação franca desde o primeiro minuto de luta. Após ser colocado em apuros devido a uma boa sequência de golpes de Barry, o francês mostrou seu poder de recuperação e, com um upper de direita, levou o norte-americano à lona aos dois minutos e 39 segundos de combate.

 

Confira abaixo os resultados completos do UFC on Versus 4:

 

Card principal

 

Cheick Kongo derrotou Pat Barry por nocaute (socos) no R1;

Charlie Brenneman derrotou Rick Story por decisão unânime dos juízes;

Matt Brown derrotou John Howard por decisão unânime dos juízes;

Matt Mittrione derrotou Christian Morecraft por nocaute (socos) no R2;

 

Card preliminar

 

Tyson Griffin derrotou Manny Gamburyan por decisão majoritária dos juízes;

Javier Vazquez derrotou Joe Stevenson por decisão unânime dos juízes;
Joe Lauzon finalizou Curt Warburton com uma kimura no R1;
Rich Attonito derrotou Daniel Roberts por decisão unânime dos juízes;
Charles “do Bronx” finalizou Nik Lentz com um mata-leão no R2;
Ricardo Lamas derrotou Matt Grice por nocaute técnico (chute alto e socos) no R1;
Michael Johnson derrotou Edward Faaloloto por nocaute técnico (socos) no R1.

Deixe seu comentário