McGregor minimiza chance de luta com Nurmagomedov por histórico de lesões

‘Ele não é frequente o suficiente’, diz o irlandês, lembrando de retrospecto pouco ativo do invicto russo recentemente

McGregor (foto) é campeão dos penas e dos leves do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

McGregor (foto) é campeão dos penas e dos leves do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

O UFC 205, evento realizado no último sábado (12), em Nova York (EUA), colocou Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov em rota de colisão. No entanto, o irlandês não vê com bons olhos a possibilidade de enfrentar o russo, especialmente devido ao seu turbulento histórico de lesões.

Veja Também

McGregor agora é campeão peso pena e peso leve do UFC. (Foto: Getty Images)
McGregor nocauteia Alvarez, conquista o cinturão peso leve e faz história no UFC 205
McGregor nocauteou Alvarez no UFC 205. (Foto: Getty Images)
Vídeo: Assista os melhores momentos de McGregor x Alvarez no UFC 205
McGregor (foto) provocou possível adversário Foto: Josh Hedges/UFC
McGregor anuncia que será pai e pede para ser sócio do UFC
Alvarez foi nocauteado por McGregor na luta principal do UFC 205. (Foto: Getty Images)
Alvarez se rende a McGregor: “Eu tiro meu chapéu, ele foi fenomenal”

No evento, McGregor atropelou Eddie Alvarez para se tornar o novo campeão dos leves da organização. Já Nurmagomedov se manteve invicto no MMA profissional ao também vencer de forma contundente Michael Johnson.

Um duelo entre McGregor e Nurmagomedov seria um dos passos lógicos do UFC no momento, mas o novo campeão se sente inseguro com a ideia. “Ele teve uma ótima performance, parabéns a ele. Mas vamos ver o que acontece. Eu preciso ver atividade, consistência. Eu preciso me ver nele. Se você quer que eu te escolha para mudar a sua vida, você precisa me dar motivos para isso. Ele não luta com a frequência suficiente para o meu gosto. Para eu me comprometer com alguém assim, preciso de provas sólidas de que ele vai aparecer”, disse McGregor.

De maio de 2014 para cá, Nurmagomedov fez apenas duas lutas: superou Darrell Horcher em abril deste ano e Johnson no último sábado. Neste período, o russo sofreu uma série de lesões em seu joelho, que inclusive o tiraram por duas vezes de compromissos marcados contra Tony Ferguson no octógono.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário