Woodley lamenta situação de Demian Maia: ‘Merecia chance’

Campeão dos meio-médios admite que brasileiro deveria ter sido seu próximo adversário, mas vai enfrentar Stephen Thompson

Woodley (foto) fará revanche com Stephen Thompson Foto: Divulgação

Woodley (foto) fará revanche com Stephen Thompson Foto: Divulgação

O campeão dos meio-médios Tyron Woodley teve sua revanche com Stephen Thompson anunciada nesta terça-feira (10). Porém, o norte-americano admitiu que a chance de título deveria ter sido dada a Demian Maia, que vem de seis vitórias seguidas na divisão. E, ao falar do merecimento do brasileiro, o “Escolhido” aproveitou para alfinetar o rival Thompson.

Veja Também

Woodley (esq) e Thompson (dir) empataram no UFC 205, em novembro. (Foto: Getty Images)
Woodley e Thompson fazem revanche no UFC 209, em março
McGregor (esq) com John Kavanagh (dir) (FOTO: Sportsfile/Corbis via Getty Images)
Treinador revela maior medo de McGregor: ‘Dano cerebral’
Nunes (esq) comemora vitória sobre Ronda (dir) no UFC 207. (Foto: Getty Images)
Veja reações do córner de Ronda e festa de Amanda no UFC 207

“Se eu estivesse na posição dele (Demian) estaria muito chateado, porque sentiria que estão me passando para trás. Eu sentiria que mereço aquela luta pelo título. Ele mesmo disse isso, assim como muitas outras pessoas, que não foi empate no UFC 205 e que eu venci aquela luta. Agora ele terá que ficar no bolso por causa de alguns juízes de Nova York que provavelmente julgaram sua primeira luta de MMA”, comentou Woodley ao site norte-americano “BJPenn.com”.

Antes de oficializar a revanche com Thompson (após empate no primeiro confronto entre os dois), Woodley deu a entender que poderia enfrentar Demian no futuro. Além do brasileiro, estão na mira do campeão nomes como Michael Bisping, Georges St. Pierre e Nick Diaz.

“Demian Maia, Nick Diaz, Michael Bisping e Georges St-Pierre são lutas que eu ainda terei na minha carreira. Eu estou apenas tentando escolher a melhor luta para mim neste momento. Vocês sabem que eu não estava 100% convencido de que a revanche contra Wonderboy era o melhor para mim no momento. Mas então eu pensei: ‘Vamos fazer logo essa revanche para que todos calem a boca, aí encerraremos esse livro e mudaremos para outro capítulo””, encerrou.

Woodley conquistou o título dos meio-médios em agosto do ano passado com uma surpreendente vitória por nocaute no primeiro round sobre Robbie Lawler. Os dois chegaram a treinar juntos algumas vezes na American Top Team. O norte-americano manteve o cinturão no UFC 205 com um empate em duelo contra Wonderboy e a revanche está marcada para o dia 4 de março, no UFC 209.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário