Mark Hunt processa UFC em R$ 8 milhões por doping de Lesnar

Peso pesado também processou o rival, que foi flagrado em exames antidoping realizados pela USADA

M. Hunt (foto) ficou revoltado com doping de Lesnar. Foto: Josh Hedges/UFC

M. Hunt (foto) ficou revoltado com doping de Lesnar. Foto: Josh Hedges/UFC

O peso pesado Mark Hunt segue irritado com o Ultimate. Após perder para Brock Lesnar no UFC 200, em julho de 2016, e ver seu algoz ser flagrado em exames antidoping realizados pela USADA (Comissão Atlética de Nevada), o neozelandês passou a cobrar que a companhia punisse Lesnar com mais rigor, exigindo que Lesnar recebesse uma multa milionária.

Veja Também

M. Hunt (foto) ficou revoltado com doping de Lesnar. Foto: Josh Hedges/UFC
Irritado com o UFC, Hunt negou revanche com Cigano
Overeem (esq) e Hunt (dir) vão medir forças no UFC 209, em Las Vegas. (Foto: Produção SUPER LUTAS / Getty Images)
Overeem e Mark Hunt se enfrentam no UFC 209, em março
Hunt é quedado por Lesnar no UFC 200  (FOTO: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
Hunt reclama de punição a Lesnar: ‘E se eu tivesse morrido?’

Sem acordo, o lutador resolveu processar o UFC e o próprio rival, exigindo uma indenização no valor de US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 8 milhões), quantia referente ao valor integral da bolsa que Lesnar recebeu no evento.

“Estou processando Lesnar e o UFC para que eu receba a bolsa integral dele. Os trapaceiros não merecem ficar com nada. Isso é corrupção! Esses caras devem ser duramente punidos. Jogando sujo, trapaceando, só assim que ele foi campeão peso-pesado. Ele não conquistou jogando limpo. Antes da luta, eu já imaginava que ele estava trapaceando. Olhei para ele e não tinha como ele pesar 120kg. Esse cara é um dopado e está com agulhas por todo o corpo, igual a todos os outros trapaceiros. E eles devem estar no tribunal por isso. Se estão dopados, devem perder todo o dinheiro porque, se eu morrer lá no octógono, quem vai cuidar da minha família?”, declarou Hunt ao site “MarkHunt.tv”.

Segundo o peso pesado, a punição “no bolso” é justa para lutadores que forem flagrados ‘trapaceando’. “É justo que, se um cara for pego trapaceando, que ele não receba nenhum pagamento. Estou colocando minha vida em risco ao entrar no octógono e, tudo o que peço, é um confronto mais equilibrado”, concluiu Hunt que recebeu US$ 700 mil (cerca de R$ 2,2 milhões) de bolsa para na luta contra Brock Lesnar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário