Anderson Silva revela que pretende lutar em evento no Brasil, em junho

Afastado do octógono desde julho de 2016, 'Spider' afirmou que gostaria de voltar a atuar no primeiro semestre deste ano

A. Silva (foto) pensa em voltar a lutar em junho. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Silva (foto) pensa em voltar a lutar em junho. Foto: Josh Hedges/UFC

Se depender de Anderson Silva, sua volta ao octógono já tem data para acontecer. Sem lutar desde julho de 2016, quando foi superado por Daniel Cormier no UFC 200, o ex-campeão dos médios revelou que pretende atuar ainda no primeiro semestre deste ano, no evento que será realizado no Brasil, dia 3 de junho, ainda sem cidade sede definida. De acordo com o lutador, seria uma ‘presente’ para os fãs brasileiros.

Veja Também

Spider iniciou provocações a campeão Foto:  Dean Mouhtaropoulos/UFC
Anderson e Bisping trocam provocações por rede social
Anderson não poupou colega de academia no treinamento. Foto: Josh Hedges/UFC
Vídeo: Em meio a rumores, Anderson Silva mostra treino “pesado”

“Não tem nada confirmado. Conversei com o Ed (Soares) e o Joinha (Jorge Guimarães) esta semana. Talvez eu lute em junho ou julho no Brasil. Estou aguardando para ver o que acontece. São 20 anos de carreira. É uma emoção muito grande estar até hoje em atividade. Espero que eu consiga fazer essa luta no Brasil, dar esta luta de presente para os brasileiros”, declarou, em entrevista ao programa ‘Combate News’.

Questionado a respeito de seu futuro na organização, ‘Spider’, 41 anos, descartou a possibilidade de se aposentar nos próximos anos e afirmou que pretende realizar, no mínimo, mais cinco ou seis lutas, e não descartou uma nova disputa de cinturão.

“Tenho algumas lutas no meu contrato. Cinco ou seis lutas. Pretendo fazê-las. Dependendo das minhas performance, eu tenha oportunidade de lutar de novo pelo cinturão, mas não é algo que estou buscando. Quero fazer as lutas do meu contrato, fazer boas lutas, e espero fazer todas elas e dar alegria para vocês que me acompanham”, concluiu o brasileiro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário