Augusto Tanquinho mostra evolução na luta em pé e vence no UFC Phoenix

Faixa-preta de jiu-jitsu mostrou que está afiando sua trocação; Nina Ansaroff, namorada da campeã Amanda Nunes, também venceu no card preliminar

Tanquinho (esq.) bateu Saenz no UFC Phoenix. Foto: UFC

Tanquinho (esq.) bateu Saenz no UFC Phoenix. Foto: Josh Hedges/UFC

Foi sofrido, mas o brasileiro Augusto Tanquinho conquistou sua primeira vitória no octógono. O faixa-preta de jiu-jitsu mostrou evolução na luta em pé e bateu Frankie Saenz na decisão dividida dos juízes. O combate foi atração no card preliminar do UFC Phoenix, evento realizado na noite deste domingo (15), nos Estados Unidos.

Ainda no programa preliminar, Nina Ansaroff, namorada da campeã brasileira Amanda Nunes, finalizou Jocelyn Jones-Lybarger e conseguiu se recuperar de duas perdas consecutivas no Ultimate.

Tanquinho bate Saenz

Veja Também

anderson-silva-x-derek-brunson
Anderson Silva volta ao octógono contra Derek Brunson no UFC 208
Mayweather (esq.) e Conor (dir.): luta pode acontecer Foto: Reprodução
UFC pode promover luta de boxe entre McGregor e Mayweather

Após perder pela primeira vez na carreira para o hoje campeão Cody Garbrandt, em sua estreia no UFC, Augusto Tanquinho prometeu que merecia estar no quadro de atletas da organização. E mostrando grande evolução na luta em pé, o brasileiro cumpriu o que disse. A luta diante de Saenz foi intensa do princípio ao fim.

Tanquinho tomou a iniciativa na luta em pé e quando o norte-americano tentou responder, ele rapidamente levou a disputa para o solo. Mas Frankie conseguiu se levantar, Na luta em pé, o brasileiro ainda teve outro bom momento com um golpe de direita combinado com um bom uppercut.

No segundo round, Tanquinho tentou manter o ritmo de pressão com bons golpes de mão. Mas  Saenz acertou uma cotovelada, que balançou o brasileiro e acabou por cima no chão. No recomeço da luta em pé, Frankie voltou a atingir o faixa-preta tupiniquim, que sentiu os ataques.

O terceiro seria decisivo para definir o vencedor. Saenz começou com combinações, mas Tanquinho rapidamente se recuperou, acertou contragolpes e pressionou o norte-americano contra as grades. O brasileiro tentou algumas quedas, mas mesmo sem grande efetividade, foi mais intenso na parcial para garantir o triunfo na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28).

Eu sabia que ele era muito duro, venho observando ele lutar no UFC, na última vez eu tive apenas cinco dias de aviso prévio, desta vez tive um camp muito melhor. Eu estava bem, senti que ele me machucou, mas eu me machuco muito mais no treino na academia, e sabia que eu os representaria bem”, disse Tanquinho,

Namorada de Amanda Nunes finaliza com mata-leão

Amanda comemora vitória com Nina. Foto: UFC

Amanda comemora vitória com Nina.

Nina Ansaroff entrou no octógono pressionada. Vindo de duas perdas em série, a norte-americana viu sua namorada, Amanda Nunes, dizer que ela seria a próxima campeã do peso palha. E com todos estes ingredientes em ação, ela mostrou que não sentiu a pressão, dominou Jocelyn Jones-Lybarger e conseguiu se recuperar no UFC.

Nina logo nos primeiros movimentos, encontrou a distância e acertou bons golpes de mão. Jones-Lybarger ainda tentava conectar alguns contragolpes, mas Ansaroff levou a disputa para o solo na metade da parcial e trabalhou por cima para garantir a parcial.

Jones-Lybarger tentou a recuperação no segundo round e logo nos primeiros movimentos arriscou um soco voador, mas acabou desequilibrada por um chute baixo de Ansaroff, que aproveitou para saltar em cima e novamente dominar no solo. Por cima, Nina evoluiu no solo e encaixou um mata-leão, mas a rival conseguiu escapar soube se defender. Ansaroff, mesmo sem finalizar, manteve o domínio no solo com bons socos por cima. A namorada de Amanda Nunes ainda terminou a parcial nas costas da rival, sem tempo para encaixar o estrangulamento.

Atrás na luta, Jones-Lybarger partiu para o tudo ou nada no terceiro assalto. Ela conseguiu, inclusive, machucar o nariz nariz da rival. Quando Jocelyn parecia crescer na luta, Ansaroff acertou um bom chute e a rival foi ao solo. Nina rapidamente chegou a montada, pegou as costas e encaixar o estrangulamento, forçando Jones-Lybarger a desistir da disputa.

“Eu acabei de ver minha namorada nocautear Ronda Rousey. Isso me motivou”, disse Nina, antes de abraçar e beijar Amanda Nunes.

Resultados do card preliminar do UFC Phoenix

Peso galo: Augusto Tanquinho derrotou  Frankie Saenz na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Peso pesado: Aleksei Oleinik finalizou Viktor Pesta com um estrangulamento a 2m57s do R1;

Peso leve: Tony Martin derrotou Alex White na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

Peso palha: Nina Ansaroff finalizou Jocelyn Jones-Lybarger com um mata-leão a 3m39s do R3

Peso pesado: Walt Harris derrotou Chase Sherman por nocaute (socos) a 2m41s do R2

Peso leve: Joachim Christensen derrotou Bojan Mihajlovic por nocaute técnico a 2m5s do R3

Peso pesado: Cyril Asker derrotou Dmitry Smolyakov por nocaute técnico a 2m41s

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário