Dana provoca Mayweather e recebe réplica dura: ‘Só um empregado’

Ex-boxeador não gostou das palavras do presidente do UFC e disse que ele já carregou suas bolsas antes de o Ultimate estourar

Dana (foto) criticou Floyd Mayweather. Foto: Josh Hedges/UFC

Dana (foto) criticou Floyd Mayweather. Foto: Josh Hedges/UFC

 

O presidente do UFC Dana White parece ter entrado nas provocações entre Floyd Mayweather e Conor McGregor. O dirigente fez questão de criticar as ostentações do ex-boxeador, que não deixou por menos e respondeu.

Veja Também

Mayweather (foto) está aposentado do boxe desde 2015. Foto: Divulgação/Showtime
Mayweather afirma que só volta a lutar se for contra McGregor
A. Nunes quer disputar o cinturão peso pena do Ultimate. Foto Josh Hedges
Amanda Nunes quer disputar o cinturão dos penas: “Vamos fazer história”
Garbrandt (esq) e Dillashaw (dir) serão os treinadores do TUF 25. (Foto: Produção SUPER LUTAS / Getty Images)
UFC confirma Garbrandt x Dillashaw e dupla como treinadores do TUF 25

Dana comentou que Floyd está errado ao se colocar acima de McGregor como astro maior dos esportes de combate. Para o presidente do Ultimate, a luta entre o norte-americano e o irlandês vai acontecer pois seu desafeto precisa de dinheiro para conservar seu estilo de vida luxuoso.

“Antes de mais nada, Floyd se acha muito maior do que Conor, mas não é. Não vou pagar a ele muito mais do que pagarei ao meu lutador. Todos sabemos que US$ 25 milhões não é uma migalha, e Floyd também sabe. Mas ele fica balançando seu relógio caríssimo por aí. O relógio é que é o problema! Quando você usa um relógio de US$ 250 mil, pode acreditar no que eu estou dizendo, você vai precisar de US$ 25 milhões daqui a pouco, amigo. E mais: o imposto de renda vai vir correndo atrás de você, e vai te pegar num piscar de olhos (risos)”, comentou Dana ao site norte-americano “TMZ”.

Mayweather não ficou para trás e também provocou o presidente do UFC. Ele já havia dito que a oferta colocada na mesa por Dana White era uma “migalha”. Mas após os comentários sobre seu estilo de vida, o ex-boxeador subiu o tom nas críticas ao dirigente, lembrando de quando eram amigos, antes de o UFC estourar nos Estados Unidos.

“Não quero conversar com Dana White. Lembrem-se, ele é um chefe, mas um chefe pequeno. Os chefes de verdade eram os Fertittas. Quando eles decidiram vender o UFC, Dana virou apenas um empregado. Eu gosto dele, não tenho nada contra Dana White. Lembro que ele andava comigo e com Jeff Mayweather e carregava minhas bolsas. Lembro dele carregando minhas bolsas. E lembre-se, Dana, eu te apoiei”, declarou Floyd em vídeo publicado em suas redes sociais.

Dana White recentemente fez uma oferta formal para que Floyd Mayweather e Conor McGregor façam uma luta de boxe com a organização do Ultimate. O dirigente comentou que colocaria uma luta de título mundial do UFC no mesmo evento para dar mais peso a ele e garantiu mais de 2 milhões de vendas de pay per view.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário