Algoz do havaiano, Edgar torce para que BJ Penn se aposente do MMA

Peso pena, que já derrotou Penn em três oportunidades, revelou que não gostaria mais de ver o havaiano lutando

Edgar já derrotou Penn em três oportunidades. (Foto: Getty Images)

Edgar já derrotou Penn em três oportunidades. (Foto: Getty Images)

Após retornar ao octógono sendo nocauteado por Yair Rodriguez na luta principal do UFC Phoenix, realizado no último domingo (15), o futuro de BJ Penn no MMA passou a ser uma incógnita. Contudo, se dependesse de Frankie Edgar, que já derrotou o havaiano em três oportunidades, o ex-campeão peso leve e meio-médio do Ultimate deveria pendurar as luvas.

Veja Também

Penn recebeu o maior salário do UFC Phoenix. (Foto: Getty Images)
Apesar de derrota, BJ Penn recebe R$ 500 mil no UFC Phoenix
Rodriguez acerta chute no rosto de BJ. Foto: UFC
UFC Phoenix: BJ Penn é atropelado por Yair Rodriguez em seu retorno ao octógono
rodriguez-chute-bj-penn2
Vídeo: Assista o massacre de Yair Rodriguez sobre BJ Penn no UFC Phoenix

“Não é meu papel dizer quando alguém deve se aposentar. Isso é algo que você deve querer fazer. Pessoalmente, eu gostaria de ver BJ se aposentar. Esse não é o BJ pelo qual nos apaixonamos. Seu estilo de luta, o tipo de pessoa que é e como ele traz isso, Você pode dizer que ele é um tipo de carcaça dele mesmo. O senhor do tempo é invencível e é assim que funciona. (…) O guerreiro ainda está lá, o espírito ainda está lá. É apenas seu corpo que não estava respondendo”, afirmou o peso pena, em entrevista ao site ‘TMZ’ (EUA).

Edgar também revelou ter ficado incomodado com o a última derrota de Penn, que não vence desde 2010 (quatro derrotas e um empate). Para ele, o árbitro poderia ter evitado que BJ recebesse alguns golpes ‘desnecessários’.

“BJ é um lutador. Ele tem o coração de um lutador. (…) Mas quando Yair estava por cima dele batendo até o fim eu estava gritando com a TV: ‘Parem a luta, isso é o suficiente’. Eu acho que eles provavelmente poderiam ter parado aquele combate um pouco antes. Talvez se fosse um outro cara eu tivesse lidado melhor com isso. (…) Então, ele talvez tivesse sido poupado de mais uns socos no rosto”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário