Amanda espera vitória de Holm e pede luta pelo título pena

Brasileira reiterou desejo de subir de categoria e apostou em Holly Holm como primeira campeã até 66 kg. do UFC

A Leoa Amanda Nunes quer enfrentar Holly Holm (FOTO: Brandon Magnus/ Getty Images)

A. Nunes quer enfrentar H. Holm (FOTO: Brandon Magnus/ Getty Images)

Menos de um mês após defender seu título peso galo pela primeira vez, Amanda Nunes já está de olho em voos mais altos. Com a abertura da divisão peso pena feminino, a campeã até 61 kg. quer fazer história e conseguir ter dois títulos ao mesmo tempo, como Conor McGregor.

Veja Também

Formiga (esq) pega Borg (dir) (FOTO: Produção SUPER LUTAS/Mike Roach/Getty Images)
Recuperado, Jussier Formiga pega Ray Borg no UFC Fortaleza
Pacquiao (foto) não acha que Conor resiste a Mayweather Foto: Divulgação
Manny Pacquiao ‘entra na fila’ para enfrentar McGregor no boxe
Khabib (esq) e Ferguson (dir) são separados por Dana White (Foto: Juan Cardenas/ Getty Images)
Khabib e Ferguson se provocam em primeira encarada para o UFC 209

“Quero subir de categoria. Eu quero o vencedor do peso pena. Veremos. Dois cinturões. Quero fazer história. Nunca aconteceu antes no UFC, nenhuma mulher fez isso antes. Quero ser a primeira mulher a ter dois cinturões, como fui a primeira gay (campeã do UFC) e a primeira brasileira a ser campeã, e eu serei”, declarou Nunes, ao site norte-americano Fox Sports.

E a brasileira acha que sua próxima luta será pelo título dos penas, que estará em disputa no UFC 208 entre Holly Holm e Germaine De Randamie. A Leoa torce para que a norte-americana vença, pois já enfrentou e venceu De Randamie

“Eu venci Germaine já e quero enfrentar Holly Holm, com certeza. Se esta luta acontecer e eu tiver qualquer problema golpeando, eu colocarei essa luta para baixo. Se eu sinto algo errado ao bater, porque às vezes as coisas podem acontecer no MMA, vou colocar essa luta para baixo. Sei que posso levá-la para baixo. Sei que meu wrestling e meu jogo de chão são muito melhores que os dela. Eu posso fazer isso”, comentou Amanda.

Ainda que a brasileira esteja fazendo lobby para conseguir o título dos penas, sua próxima adversária deve sair do confronto entre Valentina Shevchenko e Julianna Peña, no UFC Denver, dia 28 de janeiro. Nesse caso, Amanda defenderia seu título dos galos contra a vencedora dessa luta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário