Tito Ortiz finaliza Chael Sonnen em duelo de falastrões no Bellator 170

Ex-campeão do UFC encerrou sua carreira com um belo mata-leão; Paul Daley consegue grande nocaute e Ralek Gracie perde

T. Ortiz (foto) venceu Sonnen em sua luta de despedida; Foto: Twitter/Bellator

T. Ortiz (foto) venceu Sonnen em sua luta de despedida; Foto: Twitter/Bellator

Tito Ortiz encerrou sua carreira em grande estilo. O ex-campeão do UFC finalizou o rival Chael Sonnen com um mata-leão no primeiro round da luta principal do Bellator 170, evento realizado na noite deste sábado (21), em Inglewood (EUA).  Além do triunfo, Tito teve o gostinho de estragar a estreia de Sonnen no evento. O ex-desafiante ao título dos médios do Ultimate não lutava desde 2013.

O Brasil teve três representantes no show. No card preliminar, Guilherme Bomba, namorado da cantora Demi Lovato, venceu John Mercurio por nocaute técnico no segundo round, enquanto Chinzo Machida, irmão de Lyoto, passou por Jamar Ocampo, também por nocaute.

Veja Também

Chinzo venceu segunda luta no Bellator. Foto: Divulgação
Chinzo e Bomba nocauteiam nas preliminares do Bellator 170
Pacquiao (foto) não acha que Conor resiste a Mayweather Foto: Divulgação
Manny Pacquiao ‘entra na fila’ para enfrentar McGregor no boxe

A luta

Apesar de ter terminado no assalto inicial, o combate entre Tito e Chael foi cheio de reviravoltas. Ortiz começou melhor e logo conseguiu a queda. Chael Sonnen, porém, encaixou uma guilhotina que quase fez o adversário desistir. Tito conseguiu chegar à meia-guarda e se livrou da imobilização. Logo depois, ainda no chão, Ortiz chegou à montada, pegou as costas de Sonnen e encaixou um mata-leão, que apertou o queixo do “Gângster Americano” e o fez desistir.

Com o triunfo, Ortiz chegou a 19ª vitória na carreira. Ele também somou 1 empate e 12 derrotas

“Ainda não caiu a ficha da aposentadoria. Antes da luta, olhei para o meu filho e ele estava chorando, e eu chorei também. Obrigado a todos que me apoiaram, um garoto que não tinha nada e conseguiu o que consegui. Obrigado”, comentou Tito, que falou sobre os treinos específicos para Sonnen.

“Tudo que eu treinei durante meu camp deu certo. Trabalhamos na montada durante todo o período de treinamentos. Eu estava muito forte, e treinei muito as defesas de guilhotina e os estrangulamentos. Aconteceu tudo dentro do planejado”, encerrou.

Daley vence com nocaute espetacular e Ralek Gracie perde

Na segunda luta mais importante da noite, um nocaute fulminante acabou com a luta entre Paul Daley e Brennan Ward logo no primeiro round. O inglês Daley dominou todo o combate e, depois de uma cotovelada giratória, veio a joelhada voadora que apagou Ward. O norte-americano precisou sair de maca da jaula redonda do Bellator.

Antes disso, o evento promoveu a estreia de Ralek Gracie. Filho de Rorion, criador do UFC, Ralek não lutava desde 2010 e demorou para entrar no ritmo contra Hisaki Kato. O japonês dominou os dois primeiros rounds, principalmente com duros chutes baixos. No assalto final, o brasileiro conseguiu a queda e a montada, mas não chegou a tentar uma finalização. No fim, vitória para Kato, que está perto de se credenciar a tentar o cinturão dos médios – atualmente, o título é de Rafael Carvalho.

Nas duas primeiras lutas da porção preliminar do Bellator 170, excelentes lutas e vitórias para Emmanuel Sanchez e Derek Campos sobre Georgi Karakhanyan e Derek Anderson, respectivamente. O “Matador” Sanchez surpreendeu e conseguiu dominar Georgi no chão nos dois primeiros rounds, e nem a perda de um ponto por golpe ilegal tirou sua vitória. No combate entre Dereks, Campos foi mais agressivo que Anderson e mereceu a vitória por decisão.

RESULTADOS DO BELLATOR 170:

Meio-pesado: Tito Ortiz venceu Chael Sonnen por finalização (mata-leão) a 2m3s do R1

Meio-médio: Paul Daley venceu Brennan Ward por nocaute a 2m27s do R1

Médio: Hisaki Kato venceu Ralek Gracie por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)

Pena: Emmanuel Sanchez venceu Georgi Karakhanyan por decisão majoritária (28-28, 28-27, 28-27)

Leve: Derek Campos  venceu Derek Anderson por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Pena: Chinzo Machida venceu Jamar Ocampo por nocaute técnico a 3m48s do R3

Meio-médio: Guilherme Bomba venceu John Mercurio por nocaute técnico a 41s do R2

Pena: Henry Corrales venceu Cody Bollinger por nocaute a 4m28s do R3

Médio: Kevin Casey empatou com Keith Berry (majoritário) (29-27, 28-28, 28-28)

Galo: Alex Soto venceu Demarcus Brown por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Leve: Jalin Turner venceu Gabriel Green por nocaute a 36s

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário