Jon Jones rebate Tito: ‘Faria Ortiz parecer um faixa branca’

Ex-lutador havia questionado status de 'Bones' como lenda do MMA

J. Jones (foto) se irritou com ex-lutador Tito Ortiz Foto: Josh Hedges/UFC

J. Jones (foto) se irritou com ex-lutador Tito Ortiz Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Cigano (esq.) e Miocic (dir.) lutaram em 2014 Foto: Josh Hedges/UFC
UFC pretende colocar Cigano em disputa de título contra Miocic
Dana e Tito em cerimônia do Hall da Fama (FOTO: Getty Images)
Tito Ortiz revela mensagem de Dana White após vitória sobre Sonnen
Jones (esq) e Rockhold (dir) devem se enfrentar em torneio de luta agarrada. (FOTO: Produção SUPER LUTAS)
Jones recusa Cormier e deve enfrentar Rockhold em luta de submission

Apesar de estar servindo uma punição de um ano por doping, Jon Jones segue afiado nas redes sociais. O ex-campeão meio-pesado do UFC rebateu o recém-aposentado Tito Ortiz, que havia questionado seu status de “lenda” do MMA. Em entrevista ao canal online “Fight Hype”, Tito disse que não entendia porque “Bones” era considerado um dos maiores lutadores da história, e que ele não havia feito nada de relevante em sua trajetória no MMA. Jones não gostou do que ouviu do ex-lutador e o provocou por meio de seu Twitter oficial.

“Eu garanto que ele se ajoelharia se tivesse a oportunidade de me enfrentar. É melhor que esse cara aproveite a sua vitória de juvenil e fique na sua, eu faria ele parecer um faixa-branca”, ameaçou Jon Jones.

Campeão mais jovem da história do UFC, vencendo o título meio-pesado com apenas 23 anos, Jones também bateu o recorde de defesas da categoria com oito. A antiga marca era do próprio Ortiz, que foi o rei da divisão entre 2000 e 2003, defendendo seu cinturão em cinco oportunidades. “Bones” acabou tendo sua sequência interrompida após se envolver em um acidente de carro, e não prestar socorro à vítima, o que fez com que o Ultimate retirasse seu cinturão. Meses antes, ele havia sido flagrado com cocaína em seu sistema, em teste feito fora do período de competição.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário