McGregor ironiza desafio de Anderson Silva: “Ele não para de falar meu nome”

Campeão peso leve do UFC ainda provocou Nate Diaz e Tyron Woodley, detentor do cinturão meio-médio

McGregor não deu muita importância para desafio do "Spider". (Foto: Getty Images)

McGregor não deu muita importância para desafio do “Spider”. (Foto: Getty Images)

Anderson Silva ratificou seu desejo de enfrentar Conor McGregor, mas, ao que tudo indica, o irlandês não deu tanta importância para o ex-campeão dos médios (até 84kg). Ao comentar o desafio do brasileiro, o “Notório” adotou um discurso irônico, dizendo que o “Spider” é apenas ‘mais um’ lutador que o desafiou, e citou até mesmo Tyron Woodley, atual detentor do cinturão dos meio-médio (até 77kg).

Veja Também

Anderson (foto) pretende se testar contra McGregor Foto: Josh Hedges/UFC
Anderson Silva reitera vontade de enfrentar Conor McGregor
Dana respondeu as declarações de McGregor. Foto: Divulgação
Dana White alerta McGregor: “Se seguir este caminho, terá uma queda épica”
McGregor garantiu que irá lutar nas regras do boxe. (Photo by Steve Marcus/Getty Images)
McGregor garante próxima luta no boxe e xinga o UFC e Mayweather
 

“Você viu o Anderson? Do que o Anderson está falando? De que p*** o Anderson Silva está falando? Ele não para de falar meu nome toda hora. Olha, eu enfrento qualquer um deles. Garanta que os números estejam certos, que a situação esteja certa. Eu vou enfrentar qualquer um deles em qualquer momento. Nós temos a situação do Floyd alinhada, mas há muitos deles que estão bem ali. Nós temos a situação do peso-pena, a situação do peso-leve, a situação do peso-meio-médio – essa é uma situação real também. Eu vou estapear aquele idiota (Tyron Woodley). Vou estapear aquele idiota pelo octógono e tomar aquele terceiro cinturão, sem problemas. Essa é uma situação real. Anderson, quem mais? Não sei quem mais. Todos eles”, declarou, em entrevista concedida frente a milhares de fãs, em Londres, na Inglaterra, e transmitida via pay per view pela internet.

Outro alvo de McGregor foi Nate Diaz, seu único algoz no Ultimate. De acordo com o campeão peso pena, o norte-americano perdeu seu respeito ao se juntar a Floyd Mayweather para lhe provocar, e garantiu que a trilogia não faz parte dos seus planos em um futuro recente. 

“Nate é uma p***. Eu tinha o maior respeito pelo Nate, e ainda tenho respeito pelo Nick (Diaz), ele está fazendo o dele, mas quando (Nate) aceitou aquela ligação do Floyd Mayweather, e ficou tipo, “Oi fãs do Floyd”, ele virou a p*** do Floyd naquela noite. Eu pensei, “Seu frouxo de m***, seu absoluto frouxo de m***. Quando Floyd disse, “Você fez Conor bater”, e ele disse, “Sim, eu fiz”, e Floyd disse, “Eu vou terminar o trabalho”, ele devia ter dito, “Cala a p*** da boca, ou vou te estrangular também”, e postar isso em tudo quanto é lugar. Aí, de súbito, seria, “F***-se o Floyd”. Seria eu e Nate de novo. Mas ele virou a p*** do Floyd naquela noite. Ele virou empregado do Floyd naquela noite. (…) Agora, você está no fim da fila”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário