Amanda explica desculpas a Ronda: “Eu era a campeã e não tinha o crédito”

Brasileira alegou que não recebia o tratamento merecido, mesmo sendo a campeã da categoria

Amanda explicou o pedido de desculpas para Ronda. (Foto: Getty Images)

Amanda explicou o pedido de desculpas para Ronda. (Foto: Getty Images)

Na última terça-feira, Amanda Nunes usou as redes sociais para publicar um pedido de desculpas a Ronda Rousey, a quem nocauteou no UFC 207, dia 30 de dezembro de 2016. Na mensagem, a campeã peso galo brasileira se retratou por ter provocado ‘Rowdy’ após o duelo, chegando a dizer que a norte-americana deveria se aposentar por estar ‘acabada’. No entanto, de acordo com a brasileira, ela estava chateada no momento das declarações, muito em virtude do excesso de atenção que foi dada a adversária.

Veja Também

Amanda pediu desculpas por declarações sobre Ronda. (Foto: Getty Images)
Através de redes sociais, Amanda Nunes pede desculpas para Ronda Rousey
Dana esfriou os planos de Amanda. (Foto: Divulgação)
Dana minimiza intenção de Amanda disputar segundo cinturão no UFC
Amanda (esq) e Ansaroff (dir) querem aumentar a família em breve. (Foto: Getty Images)
Amanda Nunes revela desejo de ter um filho com a namorada

“O pedido de desculpas foi pelas palavras que eu disse. Acho que foi um pouco demais porque estava muito chateada, muito irritada por como fui promovida (para) a coisa toda. Eu era a campeã e não tinha o crédito que deveria ter. Sinto que tudo era sobre ela”, declarou a atleta, em entrevista ao “Las Vegas Review-Journal” (EUA).

“Eu nunca lutei irritada antes. Essa foi a única luta que me fez lutar irritada, chateada e ferida. Eles me machucaram e depois da luta não consegui me controlar. Disse palavras ruins e sei que tinha um monte de crianças naquela noite, um monte de gente que não queria ouvir esse discurso ruim. Mas estava tão chateada e tão machucada, não pude me segurar. É por isso que decidi publicar isso depois de alguns dias, algumas semanas depois da luta, porque estava melhor agora. Posso ouvir tudo, todas as coisas, e me acalmei mais, mas estava muito chateada com tudo”, completou.

Questionada sobre a importância de Ronda, a ‘Leoa’ elogiou a ex-campeã, mas voltou a ressaltar que deveria ter tido mais crédito após ter alcançando seu atual patamar “Com certeza. Ronda Rousey era enorme. Sabemos o que Ronda Rousey fez para este esporte, especialmente para o MMA feminino. Eu sei de tudo. Eu a respeito por isso. Mas eu era a campeã. Eu deveria ter um crédito suficiente. É por isso que temos o cinturão. É por isso que o UFC tem o cinturão. Quem é o melhor? Você tem o cinturão. Eu era a melhor. Agora todo mundo vai me respeitar e me tratar melhor, e acho que mereço”, concluiu Amanda.

Ainda sem data para retornar ao octógono, Nunes irá enfrentar Valentina Shevchenko em seu próximo desafio. As duas já mediram forças em março de 2016, no UFC 196, quando a brasileira venceu na decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário