Promotor pode se afastar para garantir Pacquiao x McGregor

Bob Arum é desafeto de Dana White, que recusou negociar com filipino por conta do promotor

B. Arum (esq) promove lutas de M. Pacquiao (dir) (FOTO: Chris Hyde/Getty Images)

B. Arum (esq) promove lutas de M. Pacquiao (dir) (FOTO: Getty Images)

Veja Também

Pacquiao (foto) não acha que Conor resiste a Mayweather Foto: Divulgação
Manny Pacquiao ‘entra na fila’ para enfrentar McGregor no boxe
Dana (dir) não colocará McGregor (esq) contra Pacquiao Foto: Josh Hedges/UFC
Dana White fecha as portas para duelo entre McGregor e Pacquiao
McGregor garantiu que irá lutar nas regras do boxe. (Photo by Steve Marcus/Getty Images)
McGregor garante próxima luta no boxe e xinga o UFC e Mayweather

Um dos maiores entraves para a abertura de negociações entre Manny Pacquiao e Conor McGregor foi desfeito. Desafeto do presidente do UFC, Dana White, o promotor do boxeador, Bob Arum, admitiu que se afastaria de qualquer tratativa que pode vir a ser feita entre os dois astros. Isso porque White mencionou recentemente que nunca negociaria com Arum e, por isso, um duelo entre Pacquiao e McGregor não aconteceria tão cedo.

“Eu não preciso estar envolvido, não preciso entrar no ringue. Mas essa é um luta fácil para Manny, eu adoraria fazer isso acontecer. Se a única coisa que impede a luta entre Manny Pacquiao e Conor McGregor é o fato de Dana não gostar de mim, não ficarei por perto. Daria a Manny o direito e a permissão de lutar com Conor McGregor desde que a bolsa seja satisfatória para Manny”, comentou Arum ao canal norte-americano TMZ.

Porém, é mais provável que a primeira luta do campeão dos leves do UFC no boxe seja mesmo feita contra Floyd Mayweather. Recentemente, o irlandês declarou que vai começar as negociações em breve para deixar o MMA e se aventurar no boxe, mesmo que por apenas um combate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário