Jéssica Bate-Estaca e Marcel Fortuna comandam vitórias brasileiras no UFC Houston

Jessica bateu Angela Hill e deve ter a chance pelo cinturão. Marcel superou os 22 kg de diferença para nocautear Anthony Hamilton

Jéssica (esq.) venceu no UFC Houston e pediu chance pelo cinturão. Foto: Jeff Bottari/UFC

Jéssica (esq.) venceu Hill (dir.) e pediu a chance pelo cinturão. Foto: Jeff Bottari/UFC

Festa brasileira no UFC Houston, evento realizado na noite deste sábado (04), nos Estados Unidos. Com três atletas no programa de lutas, todos os representantes do país deixaram o octógono com o braço erguido. Jéssica Bate-Estaca bateu Angela Hill e deve ganhar a chance de disputar o cinturão peso palha feminino. Já Marcel Fortuna, que superou uma diferença de 22 kg. para o adversário, nocauteou o gigante Anthony Hamilton, em seu debute no show.

A outra vitória tupiniquim no show foi de Ricardo Carcacinha, que no card preliminar venceu Michinori Tanaka.

Na luta principal da noite, Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, não sentiu a falta de ritmo depois de ficar três anos afastado do octógono para prestar serviço militar na Coreia do Sul e nocauteou Dennis Bermudez de forma fulminante no primeiro round.

Marcel Fortuna supera diferença de 22 kg. e aplica nocaute brutal

Veja Também

Carcacinha (dir.) derrotou M. Tanaka no UFC Houston. Foto: Jeff Bottari/UFC
Ricardo Carcacinha espanta pressão e estreia com vitória no UFC Houston
Marcel (esq.) surpreendeu ao vencer Hamilton (dir.) no UFC Houston. Foto: Jeff Bottari/UFC
Vídeo: Assista ao nocaute de Marcel Fortuna no UFC Houston
zumbicoreano-ufc-houston
Vídeo: Assista a vitória do Zumbi Coreano no UFC Houston

Chamado apenas 15 dias antes do UFC Houston para enfrentar um adversário na divisão de pesados, o meio-pesado Marcel Fortuna não se intimidou. O brasileiro superou o pouco tempo de preparação e uma diferença de 22kg. perante o rival para nocautear Anthony Hamilton de forma sensacional.

A luta começou com Hamilton tomando a iniciativa. Maior e visivelmente mais pesado, o norte-americano soltava fortes socos contra Fortuna, que se esquivava a espera da melhor oportunidade para atacar. Após o primeiro minuto, uma cabeçada não intencional  Hamilton abriu um corte no supercílio direito do brasileiro. O médico entrou no octógono e autorizou que Marcel retornasse a disputa.

No recomeço, Hamilton foi pra cima, mas acabou surpreendido. Após se esquivar de um ataque, o brasileiro golpeou de encontro ao rosto do norte-americano, que já caiu nocauteado. Hamilton, completamente grogue, se levantou após a interrupção e bateu de cara nas grades.

“O UFC me ofereceu essa luta com duas semanas de antecedência e peguei essa chance. Fiz uma estratégia boa e estou feliz. Mas quero voltar para a minha divisão, que é a dos meio-pesados”, declarou.

Marcel (esq.) surpreendeu ao vencer Hamilton (dir.) no UFC Houston. Foto: Jeff Bottari/UFC

Marcel (esq.) conquistou a vitória no UFC Houston. Foto: Jeff Bottari/UFC

Jéssica vence e pede chance contra Jędrzejczyk

Jéssica Bate-Estaca deixou o recado logo após a luta: ‘Joanna, se prepara porque eu sou a próxima’,  disparou a brasileira, para Joanna Jedrzejczyk,campeã da categoria peso palha feminino. Mas para vencer no UFC Houston, a paranaense teve que trabalhar muito para superar Angela Hill.

Apesar do grande favoritismo da brasileira, a norte-americana dificultou as ações e com muita resistência sobreviveu até o final do terceiro round.

A luta começou com Jéssica tomando a iniciativa e Hill se movimentando muito, para evitar ser golpeada. Apesar da agilidade de Hill, Bate-Estaca não se intimidava e conseguia conectar bons socos na rival. Por sua vez ,Angela buscava o clinch a todo o momento da luta na curta distância. Em um destes momentos, a norte-americana conseguiu acertar uma joelhada no rosto da paranaense e abriu um pequeno corte abaixo no olho de Jéssica.

No segundo round, Jéssica voltou com a mesma contundência e Hill já não conseguia se esquivar de todas as investidas. A brasileira combinou bons socos no rosto e na linha de cintura. No minuto final da parcial, Bate-Estaca levou a disputa para o chão, porém, com pouco tempo, não conseguiu ser produtiva.

Jéssica continuou a pressão no terceiro assalto. A brasileira abusou dos ataques e cedeu espaço. Em um contragolpe rápido, com um direto de esquerda, a norte-americana conseguiu o knockdown. Bate-Estaca se levantou rápido e pareceu absorver a pressão. A brasileira continuou caminhando pra frente, em um ritmo impressionante. Nos instantes finais Bate-Estaca ainda teve tempo de arriscar uma joelhada voadora para delírio da torcida.

Ao final de 15 minutos, vitória de Jéssica Bate-Estaca na decisão unânime (29×28, 30×27, 29×28). A brasileira, sem perder tempo, pediu a chance de desafiar a campeã Joanna Jedrzejczyk.

“A Hill é uma lutadora incrível, aguentou várias porradas. Obrigada, Houston! Esse show é para vocês Saí com a vitória, só tenho a agradecer às pessoas que estiveram ao meu lado no camp. Queria a luta na trocação, sou agora a campeã do Invicta e, Joanna, se prepara porque eu sou a próxima”,  disparou Jéssica, que citou o Invicta já que Hill era a campeã do evento antes de migrar para o UFC.

Resultados do UFC Houston

CARD PRINCIPAL

Peso pena: Chan Sung Jung derrotou Dennis Bermudez por nocaute a 2m49s do R1;

Peso palha: Felice Herrig derrotou Alexa Grasso na decisão unânime dos juízes  (30×27, 29×28, 29×28)

Peso leve: James Vick finalizou Abel Trujillo com um estrangulamento a 28seg. do R3;

Peso meio-pesado: Volkan Oezdemir derrotou Ovince St. Preux na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Peso pesado: Marcel Fortuna derrotou Anthony Hamilton por nocaute 3m10s do R1;

Peso palha: Jéssica Bate-Estaca derrotou Angela Hill na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Curtis Blaydes derrotou Adam Milstead por nocaute técnico (lesão) a 59s do R2

Peso pena: Chas Skelly finalizou Chris Gruetzemacher com um mata-leão a 2m01s do R2;

Peso galo: Ricardo Carcacinha derrotou Michinori Tanaka na decisão unânime dos juízes (29×28, 30×27, 29×28)

Peso palha: Tecia Torres derrotou Bec Rawlings na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

Peso meio-médio: Niko Price derrotou Alex Morono por nocaute (socos) a 5min do R2

Peso meio-pesado: Khalil Rountree derrotou Daniel Jolly por nocaute a 52s R1

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário