Na véspera do duelo, Brunson exalta Anderson: “É o mais perigoso do MMA”

Próximo adversário do ‘Spider, norte-americano deixou provocações de lado e exaltou a carreira do brasileiro

Brunson foi só elogio a 'Spider'. (Foto: Getty Images)

Brunson foi só elogio a ‘Spider’. (Foto: Getty Images)

Prestes a realizar a maior luta da sua carreira, Derek Brunson optou pelo respeito na hora de comentar sobre o duelo contra Anderson Silva, a quem enfrenta neste sábado, dia 11, no UFC 208, no Brooklyn (EUA). Apesar de citar que o “Spider” não conta mais com a explosão e velocidade de outrora, Brunson admite que o ríval ainda é uma real ameaça para qualquer adversário que ele possa enfrentar.

Veja Também

Anderson (foto) volta no UFC 208 Foto: Brandon Magnus/UFC
Aos 41, Anderson Silva pretende lutar por mais sete anos
Anderson enfrenta D. Brunson dia 11 de fevereiro. Foto: Josh Hedges/UFC
Com luta marcada no UFC 208, Anderson Silva publica video de treinamento
A. Silva fala com a imprensa no Media Day para o UFC 208 (FOTO: João Vitor Xavier/SUPER LUTAS)
Anderson Silva revela sonho fora da luta: ‘Atuar em filmes de ação’

“Anderson Silva é muito perigoso. Ele é, provavelmente, o cara mais perigoso do MMA. Anderson está um pouco mais velho, mas não acho que isso influencie em nada no quão perigoso ele é. Ele pode ter perdido um pouco de força e velocidade, mas ainda assim tem uma técnica excelente e todas as habilidades que fizeram com que chegasse tão longe”, declarou o lutador, em entrevista ao site ‘Combate.com’.

Questionado sobre a diferença de experiência no octógono – Brunson iniciou sua carreira em 2010, enquanto Anderson já luta profissionalmente desde 1997 -, o norte-americano garante que isso não influencia em nada, pelo contrario. Segundo Derek, enfrentar o ex-campeão dos médios sempre fez parte de seus planos.

“Sim, quando eu comecei a lutar, ele era um dos caras nos quais eu buscava inspiração. Eu sempre trabalhei de forma muito competente por tanto tempo, que sempre imaginava um cenário no qual eu iria enfrentar o Anderson Silva um dia. (…) É muito empolgante. Eu vou poder entrar lá e mostrar as minhas habilidades contra um cara que esteve no topo por tanto tempo. É ótimo poder enfrentar um cara assim”, declarou Brunson, que concluiu dizendo que não vê Anderson se aposentando após o duelo entre eles, mesmo em caso de derrota do brasileiro.

“Acho que o Anderson ainda tem mais lutas na carreira. Muita gente não o vê se aposentando, mas se isso acontecer, eu entenderia o motivo. Como eu disse, ele vem perdendo velocidade e força, mas ainda assim é um dos melhores caras da divisão e ainda tem as habilidades  necessárias para continuar lutando. Eu acho que ele vai continuar lutando”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário